ATLETAS MILITARES: Marinha e Firjan firmam parceria para apoio a atletas de alto rendimento

A Marinha do Brasil firmou um acordo de cooperação com o Serviço Social da Indústria (SESI)/Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (FIRJAN). O Acordo visa à preparação de jovens com potencial de alto rendimento para integrarem as equipes representativas do Brasil nas modalidades de atletismo, levantamento de peso olímpico e boxe.

.: Leia também: ATLETA MILITAR: FAB lança novo edital para Atletas de Alto Rendimento

A solenidade foi realizada na sede do Comando-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais, e contou com a presença do Comandante-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais, Almirante de Esquadra (FN) Alexandre José Barreto de Mattos; do Presidente da Comissão de Desportos da Marinha e Comandante do Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (CEFAN), Contra-Almirante (FN) Pedro Luiz Gueiros Taulois; além de representantes do Sistema SESI/FIRJAN.

 De acordo com o Vice-Presidente do Sistema FIRJAN, Luiz Césio de Souza Caetano Alves, esse acordo vai fazer a diferença e mudar a vida de jovens de comunidades carentes que fazem parte do programa “SESI Cidadania”. O representante da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro citou o exemplo da medalhista de ouro nos Jogos Olímpicos Rio 2016, Rafaela Silva, como inspiração para os jovens de comunidades carentes.

 “Faremos a ponte para nossos alunos que se destacam em artes marciais possam ir além e tenham a oportunidade de se tornarem atletas de alto rendimento do Programa Olímpico da Marinha. Esse acordo possibilitará a esses jovens a oportunidade real de que histórias como a de Rafaela Silva se repitam. Assim como nossos jovens do projeto SESI Cidadania, Rafaela começou a praticar judô num projeto social para crianças de comunidades carentes. Hoje é uma consagrada atleta da Marinha e referência no esporte”, lembrou Luiz Césio, que acrescentou que o projeto social do SESI, denominado “atleta do futuro” possui, hoje, 4.800 atletas amadores, todos oriundos de comunidades carentes, sendo 808 praticantes de artes marciais.

Para o Contra-Almirante (FN) Taulois, o termo de cooperação permitirá que Marinha do Brasil e SESI trabalhem conjuntamente a favor do desenvolvimento nacional, buscando a redução da desigualdade social e a promoção do esporte e da cidadania.

 “Essa parceria visa a atingir dois propósitos importantes no trabalho com adolescentes e jovens: o primeiro é o fomento às atividades desportivas, com a finalidade de propiciar a preparação da juventude que possui o potencial de desempenho esportivo em alto rendimento nas modalidades de atletismo, levantamento de peso olímpico e boxe, inserindo esses jovens nas equipes representativas nacionais e internacionais. Esses atletas serão identificados e convidados a participarem de programas de preparação efetiva e intensa, sob responsabilidade da Marinha do Brasil, desenvolvidos nas instalações do CEFAN. O segundo é a contribuição na formação de futuros adultos para o exercício da cidadania e a atuação na sociedade de forma responsável, autônoma e consciente, por meio de oficinas, trabalhos em grupos, cursos, palestras e espetáculos teatrais, trabalho este que será conduzido pela FIRJAN, nas instalações do CEFAN”, explicou.

 Em seu discurso de encerramento da cerimônia, o AE (FN) Alexandre destacou a forte relação existente entre Marinha do Brasil e FIRJAN e expressou sua satisfação pela parceria entre as instituições. “Essas três palavras que compõem a logo do sistema FIRJAN definem bem o que as duas instituições promovem em prol do desenvolvimento social: Informa, Forma e Transforma. É isso o que faz a Marinha do Brasil, quando capta militares para ingressarem, voluntariamente, no Corpo de Fuzileiros Navais, formando-os e, acima de tudo, transformando-os”, ressaltou.

Fonte: Marinha

Newsletter

 

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

Leave A Reply