CHINA começa construir terceiro porta-aviões

A China já deu início à construção do seu terceiro porta-aviões, reportam fontes militares. O país tenciona criar uma frota poderosa capaz de operar nas vastidões dos oceanos para garantir a sua segurança. No entanto, atualmente a Marinha chinesa só possui o porta-aviões Liaoning, que foi construído na base do navio soviético Varyag.

.: Leia também: VÍDEO: China mostra detalhes do porta-aviões Liaoning

Em abril passado, a Marinha do país lançou à água o segundo porta-aviões (e o primeiro de produção própria) — o Tipo 001. Espera-se que este navio entre em serviço da Marinha neste ano. De acordo com as fontes militares citadas pelo jornal The South China Morning Post, o estaleiro Shanghai Jiangnan Shipyard Group recebeu autorização das autoridades para construir o terceiro porta-aviões. “O estaleiro está trabalhando para construir o casco do navio, e espera-se que isso leve cerca de dois anos”, revela a fonte.

Assim, em sua opinião, é cedo para falar sobre a data do possível lançamento do terceiro porta-aviões. De acordo com a mídia chinesa, os próximos porta-aviões do país terão uma nova catapulta eletromagnética, em vez de trampolim, para a decolagem dos aviões. Anteriormente, os Estados Unidos eram os únicos a usar esse tipo de equipamento. Assim, o país planeja melhorar a capacidade de combate da sua Marinha.

Entretanto, a principal diferença entre os dois navios é o seu propósito. O Liaoning é destinado ao treinamento de táticas e procedimentos. O navio serve para estabelecer e treinar estratégias, envolvendo as tripulações do convés e para manobras de decolagem e aterrissagem dos aviões dos futuros porta-aviões da China. Por outro lado, o Tipo 001 foi concebido para defender o país e participar de batalhas reais.

Fonte: Sputnik

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

Leave A Reply