EB: Mulheres ingressam pela primeira vez na AMAN

Depois de 70 anos de criação, a Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN) recebe pela primeira vez militares mulheres. No grupo de 400 alunos da Escola Preparatória de Cadetes do Exército que chegaram a Resende para iniciar as atividades de adaptação à AMAN neste ano, 34 são mulheres. Segundo o Exército Brasileiro (EB), “O ingresso de mulheres no Estabelecimento de Ensino, fez com que boa parte de seus integrantes estivessem ocupados nos últimos anos com a melhor preparação da Academia para estar perfeitamente adaptada e adequada a esse público até então inexistente – cadetes mulheres”.

.: Leia também: A AMAN e a manutenção dos valores militares

AMAN-mulheres-eb

Ainda segundo o EB, para que essa realidade acontecesse, muito trabalho foi executado no âmbito do Projeto de Inserção do Sexo Feminino na Linha Ensino Militar Bélica (PISFLEMB). O novo público exigiu que a AMAN se preparasse, não só realizando adaptações das suas instalações físicas, mas também criando todo um sistema que permita a convivência entre os homens e as mulheres em um ambiente integrado e sinérgico de aprendizado, em que todos os seus integrantes compreendam e participem da formação de novos Oficiais Combatentes para o Exército e para o Brasil.

Fonte: Indústria de Defesa & Segurança

NOTÍCIAS RELACIONADA

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

Leave A Reply