EMBRAER fecha o ano com venda de 18 Super Tucanos

A Embraer divulgou o balanço das vendas de 2017 para os investidores e anunciou que atingiu a estimativa de entregas do planejamento anual. No setor de Defesa & Segurança, a empresa assinou também contratos para a venda de 18 aeronaves A-29 Super Tucano, sendo seis para a Força Aérea dos Estados Unidos (que serão utilizados no programa A-29 no Afeganistão), seis aeronaves para a Força Aérea das Filipinas e outros seis modelos para um cliente não revelado.

.: Leia também: BID: Contrários à venda da Embraer, sindicatos realizam campanha

A Embraer anunciou também no quarto trimestre que o novo jato de transporte militar e reabastecimento KC-390 completou um marco fundamental, com a demonstração pela Embraer à Força Aérea Brasileira (FAB) do atingimento da Capacidade Inicial de Operação (Initial Operational Capability – IOC). A aeronave também realizou uma série de testes em voo nos Estados Unidos como parte de sua campanha de ensaios para certificação.

Segundo a empresa, foram entregues um total de 210 jatos em 2017, sendo 101 comerciais e 109 executivos (72 leves e 37 grandes). A estimativa estabelecida para o ano era de 97 a 102 jatos comerciais, de 70 a 80 jatos executivos leves e de 35 a 45 jatos executivos grandes. No último trimestre do ano foram entregues 23 jatos comerciais e 50 jatos executivos (32 leves e 18 grandes). Em 31 de dezembro, a carteira de pedidos firmes a entregar totalizava USD 18,3 bilhões.

A empresa, que atua no setor militar e civil, é líder na fabricação de jatos comerciais de até 150 assentos e a principal exportadora de bens de alto valor agregado do Brasil. A Embraer mantém unidades industriais, escritórios, centros de serviço e de distribuição de peças, entre outras atividades, nas Américas, África, Ásia e Europa.

Fonte: Indústria de Defesa & Segurança

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

 

Leave A Reply