EMPRESAS> Embraer negocia layoff para até 2 mil empregados

Fonte: Exame//

A fabricante de aeronaves Embraer informou nesta quinta-feira, 10, que iniciou a negociação de acordo de dispensa temporária de funcionários (layoff) com o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos. Segundo a companhia, a proposta contempla a suspensão temporária dos contrato de trabalho por 2 a 5 meses, em grupos. O programa visa a atingir até dois mil empregados, todos da unidade de São José dos Campos.

.: Leia também: NEGÓCIOS> Embraer avalia eleição de Trump com efeito neutro para mercado da aviação

A duração prevista do programa é de dois anos, começando a partir de janeiro de 2017 e terminando em dezembro de 2018, atingindo inicialmente equipes de produção, mas podendo ser estendido para outras áreas. A próxima reunião sobre o tema está agendada para 23 de novembro, afirmou a Embraer em comunicado.

A Embraer possui cerca de 13 mil trabalhadores em São José dos Campos. Em outubro, a empresa demitiu 1.642 trabalhadores por meio de um Plano de Demissão Voluntária (PDV). “Os trabalhadores estão sendo demitidos para que a Embraer pague a multa gerada em razão de corrupção cometida pela alta cúpula da empresa. Isto é inaceitável e, portanto, temos de ter nossos empregos garantidos. O sindicato está seguindo a vontade dos trabalhadores, de reajuste salarial e estabilidade”, afirma o vice-presidente do sindicato, Herbert Claros.

.: Leia também: NEGÓCIOS> Embraer assina acordo de mais de US$ 200 milhões com autoridades dos EUA

A Embraer terá de pagar US$ 206 milhões para encerrar o processo que investiga casos de suborno para garantir vendas de aviões aos governos da República Dominicana, Moçambique e Arábia Saudita, além de descumprimento de leis comerciais na Índia.

 

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

Leave A Reply