ESLOVÁQUIA avalia compra aviões de combate F-16 ou Gripen

O Ministério da Defesa da Eslováquia disse nesta sexta-feira (2) que está em negociações para comprar aviões de combate F-16 ou Gripen suecos para substituir os MiG-29. A previsão do ministério é apresentar uma análise das duas opções até 29 de junho para aprovação do governo. A Eslováquia, um membro da OTAN, tem um contrato de manutenção com a Rússia para seus 12 MiG-29 até 2019. Esse contrato pode precisar ser prorrogado, mesmo que o governo aceite comprar novos jatos até o final deste ano, já que a produção das aeronaves leva normalmente de 18 a 24 meses.

.: Leia também: GRIPEN: Fábrica brasileira da SAAB vai exportar peças para Suécia, garante Marcelo Lima

“Ambas as opções são boas. Os F-16 são mais caros e podem levar até 2023 para serem entregues”, disse Jaroslav Nad, do Instituto de Polícia de Segurança da Eslováquia. A vizinha Hungria e a República Tcheca já operam o Gripens, construídos pela Saab. Polônia voa F-16, construído pela Lockheed Martin Corp, e pode comprar mais.

A Eslováquia tem um acordo de “céu comum” com a República Tcheca, que opera 14 Gripens. O acordo significa que os dois ajudariam a proteger o espaço aéreo além da cooperação padrão de defesa aérea dentro da OTAN. Se a Eslováquia comprar Gripens, poderia também compartilhar a manutenção e treinamento de pilotos com a república Tcheca.

A Eslováquia deve gastar cerca de 6,5 bilhões de euros (US$ 8,11 bilhões) até 2030 para a modernização. As despesas de defesa devem subir de 1,1% do Produto Interno Bruto no ano passado para 1,6% em 2020 e 2,0% até 2024. Em novembro de 2017, o governo aprovou os planos para construir 81 blindados de oito rodas com a empresa finlandesa de defesa Patria, para substituir os veículos de transporte de pessoal desatualizados. O ministério deve ainda escolher um parceiro para construir 404 veículos blindados de quatro rodas neste ano.

Fonte: Reuters

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

Leave A Reply