EUA E COREIA DO SUL iniciam manobras aéreas conjuntas

Fonte: Agência Brasil//

Mais de 100 aviões de combate norte-americanos e sul-coreanos fazem um exercício de defesa aérea, informou nesta quinta-feira (20) a Força Aérea da Coreia do Sul, em plena escalada de tensão na península. De acordo com a Agência EFE, o exercício Max Thunder, que começou na sexta-feira passada (14), embora seu início só tenha sido revelado hoje, vai durar duas semanas, terminando quase ao mesmo tempo que as manobras conjuntas de dois meses de terra, mar e ar Foal Eagle.

.: Leia também: COMANDO DO EXÉRCITO DOS EUA abre Centro de Tecnologia em São Paulo

Cerca de 1.200 soldados também participam desse exercício anual, voltado a “constranger o inimigo” e projetado para “responder a qualquer forma de provocação em qualquer momento e lugar”, segundo o tenente Won In-chul, da Força Aérea sul-coreana, em declarações divulgadas pela agência Yonhap. Won acrescentou que essas manobras conjuntas são uma boa oportunidade para melhorar as habilidades táticas de ambos os países, indispensáveis para manter a segurança na península coreana. Quase 300 mil soldados sul-coreanos fizeram parte de outras manobras conjuntas – Key Resolve e Foal Eagle – este ano, o que representa o maior trabalho até hoje de exercícios anuais. Para a Coreia do Norte, trata-se de um ensaio para invadir seu território.

.: Leia também: Mattis promete implantar escudo antimísseis THAAD na Coreia do Sul

Em março, os EUA moveram um sistema de mísseis de defesa conhecido pela sigla THAAD para novas posições na Coreia do Sul, o que gerou críticas da China, que ainda procura uma saída pelo diálogo. Enquanto os EUA buscam maneiras de pressionar a Coreia do Norte para acabar com seu programa nuclear, a mídia estatal norte-coreana alertou os americanos nesta quinta-feira sobre um “ataque super poderoso”. “Não mexam conosco”, disse. A Coreia do Norte advertiu que aplicará retaliações caso a comunidade mundial aumente as sanções econômicas em represália aos recentes testes militares de Pyongyang.O regime norte-coreano já realizou cinco testes nucleares – dois deles no ano passado. Especialistas estimam que o país esteja adquirindo a capacidade de atingir os EUA com uma arma nuclear.

17966499_10156510868977588_575772966340194698_o

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

 

 

Leave A Reply