EURONAVAL> Empresas brasileiras apresentam produtos nacionais em Paris

Fonte: Abimde//

As empresas brasileiras do setor de defesa e segurança participam da Euronaval 2016, que acontece entre os dias 17 e 21 de outubro, em Paris Le Bourget, França. Coordenado pela Abimde (Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança), com apoio da Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) e do Ministério da Defesa, o estande brasileiro contará com a presença de onze empresas associadas, que vão apresentar as novidades tecnológicas nacionais.

.: Leia também: NEGÓCIOS> Brasil quer exportar equipamentos de defesa para Índia

Realizada a cada dois anos, a Euronaval é considerada uma das principais feiras mundiais para o setor de defesa naval e de segurança marinha, reunindo membros das Forças Armadas e Policiais de diversos países, além de representantes de governos, delegações diplomáticas, empresários e mídia especializada. Somente em 2014, foram 92 delegações de 70 países, visitando 355 expositores de 28 países. Naquele ano, a Abimde conseguiu reunir sete empresas, que realizaram mais de 200 contatos comerciais.

As empresas da delegação brasileira são: Altave; Ares; Atech; Atrasorb; DGS Defense; Emgepron; Fundação Ezute; Logsub Defense; Omnisys; SAAB. A Clarion Events também acompanhará a comitiva brasileira para divulgar a LAAD Security 2017. As associadas Abimde vão apresentar soluções e produtos inovadores com foco no mercado internacional de defesa, em especial o localizado na África, Oriente Médio, Ásia e Europa. Confira abaixo o que algumas empresas vão levar para a Euronaval 2016:

ALTAVE:
Aeróstato cativo (balão de monitoramento).

ATECH:
A empresa do Grupo Embraer exibirá sistemas de missão crítica e soluções integradas de defesa, entre elas os sistemas de comando, controle, inteligência e segurança cibernética, além do SAGITARIO e do SIGMA, soluções que hoje já ajudam a maximizar a eficiência e segurança no controle e na gestão do fluxo do tráfego aéreo brasileiro.

DGS DEFENSE:
A empresa dispõe de uma gama de modelos de embarcações, possibilitando grande versatilidade e flexibilidade no atendimento das necessidades específicas de casa cliente. Em sua primeira participação como empresa expositora em uma exibição no exterior, a DGS DEFENCE apresentará na Euronaval 2016 um modelo em escala da embarcação DGS 777, modelo de maior sucesso da empresa.

FUNDAÇÃO EZUTE:
Dentre os projetos voltados para atender à Defesa vale destacar a concepção do Sistema de Gerenciamento da Amazônia Azul (SISGAAz); a gestão complementar e engenharia de sistemas do projeto de míssil antinavio (MAN-SUP); e o programa de absorção de conhecimento e tecnologia, na França, do sistema de combate de submarinos do Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB), todos projetos complexos da Marinha do Brasil. A organização também foi responsável por antecipar os primeiros passos do sistema que deu origem ao Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (Sisfron). Para a Euronaval 2016, também será possível conhecer o Ezmetrics e a Simulação de Cenários.

LOGSUB DEFENSE:
Empresa especializada na área de resgate e salvamento de submarinos, recuperação e atividades subaquáticas, desenvolvimento e gerenciamento de reparos navais, estudo e gerenciamento de projetos de Parceria Público Privada (PPP) e nacionalização de itens e sistemas para submarinos e navios, em parceria com empresas nacionais e estrangeiras.

OMNISYS:
Radar Autodiretor para Míssil Antinavio (SEEKER); Medidas de Apoio à Guerra Eletrônica (MAGE); Sistema de Controle da Máquina do Leme (SCML); Sonar Kingklip; Radares Navais; Sistema de Monitoramento do Espectro Eletromagnético (SIMO); Sistema de Rastreio Óptico (SISROT); Estação de Telemedidas Banda S (ST2233); Radar de Vigilância do Espaço Aéreo Banda L (LP23SST); Radar Secundário (RSM970S).

 

SERVIÇO:
Euronaval 2016
Data: 17 a 21 de outubro
Local: Paris Le Bourget, França

 

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

 

 

Leave A Reply