EVENTO: 5º Fórum de Empresários de Drones vai abordar mercado, regulamentação e precificação de serviços

No dia 14 de maio de 2018 será realizado em São Paulo (SP) o V Fórum Empresarial de Drones, um dia antes do início da feira DroneShow que acontece também na capital paulista de 15 a 17 de maio. Os principais empresários da cadeia produtiva do setor – formada por fabricantes, importadores e prestadores de serviços, juntamente com as entidades reguladoras – se reúnem semestralmente desde 2015. Entre temas técnicos e de negócios, o Fórum se consolidou como o principal espaço para o setor empresarial se reunir, mapear seus desafios, se comunicar com o mercado e se também com os órgãos de segurança pública e reguladores como ANAC e DECEA.

Nessa quinta edição do Fórum, a proposta é mostrar o estágio atual do mercado um ano após a regulamentação pela ANAC e DECEA. Quais os avanços, pendências e novas perspectivas, sob o ponto de vista da legislação, contratação de serviços com qualidade, rentabilidade e segurança jurídica e os novos mercados para o setor. Além dos empresários do setor, a expectativa do evento é ter a presença de representantes de empresas privadas e públicas, compradoras e contratantes de drones e inteligência embarcada.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO              
Chairman: Emerson Granemann (DroneShow)
9h às 9h30 – Quais os números atualizados do setor de Drones no Brasil?
Emerson Granemann (DroneShow)
9h30 às 11h – Avaliação e o que precisa mudar após um ano da regulamentação do setor Roberto José Silveira Honorato – ANAC
Tenente Coronel Aviador Jorge Humberto Vargas Rainho (DECEA)
11h às 11h15 – Intervalo (Networking)
11h15 às 12h30 – Validação de dados captados por drones para mapeamento e topografia de precisão
Amilton Amorim (Unesp – Presidente Prudente)

Régis Bueno (Geovector)
Danilo Rodrigues (Geosurv Engenharia e Geomática)
Paulo Henrique Amorim (Santiago & Cintra Geotecnologias)
12h30 às 14h – Intervalo
14h às 14h30 – Propostas de habilitação de pilotos remoto
Roberto José Silveira Honorato – ANAC

Tenente Coronel Aviador Jorge Humberto Vargas Rainho (DECEA)
Giovani Amianti (XMobots)
14h30 às 15h15 – Afinal, quem é o responsável por orientar, fiscalizar e, se for o caso, punir os pilotos remotos e os contratantes como solidários que são?
Roberto José Silveira Honorato – ANAC

Tenente Coronel Aviador Jorge Humberto Vargas Rainho (DECEA)
Maj. Hérlon Conceição Santos Lima – Polícia Militar da Bahia
15h15 às 15h45 – Análise de oportunidades e preços de serviços de inspeções de obras
Daniel Estima Bandeira (SkyDrones)

Ricardo Santos – Grupo DR1
15h45 às 16h – Intervalo (Networking)
16h às 16h30 – Análise de oportunidades e preços de serviços de agricultura
Bruno Holtz Gemignani (3DGEO)
Fabrício Hertz (Horus)

16h30 às 17h30 – Análise de oportunidades e preços de serviços de mapeamento e topografia
Reinaldo Almeida Colares (Horus Geo)

George Longhitano (G Drones)
17h30 às 17h45 – Campanha #DroneConsciente: ações, resultados e como participar
Tenente Coronel Aviador Jorge Humberto Vargas Rainho (DECEA)

17h45 às 18h30 – Debate sobre a criação de uma associação de empresários de drones formada por fabricantes, importadores e os principais prestadores de serviços (agricultura, mapeamento, inspeções, etc.)
Lincoln Kadota (Airdroneview/ABM)

Luiz Ugeda (Geodireito)
A programação detalhada está disponível em www.droneshowla.com/forum-empresarial-de-drones-5.

Fonte: Drone Show

Newsletter

 

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

 

1 Comentário

  1. Isso não é novidade! Trabalhei como consultor comercial de duas empresas de TI entre 2012 e 2015, e visitei o escritório da Huawei (chinesa), onde nos foi mostrada esta tecnologia, baseada em câmeras IP. Existem outra empresas americanas e europeias, além de Israel tb. A tecnologia se baseia em mapeamento morfológico onde nem gêmeos idênticos são 100% iguais. É um tipo de câmera usada em grande eventos com um grande fluxo de pessoas, sendo impossível um olho humano vigiar esta massa. Equipamento caro mas funciona!

Leave A Reply