EXÉRCITO: Número de registro de armas cresce no Brasil

Fonte: Com inf. de Diário de Pernambuco//

O número de pedidos para porte de armas no Brasil aumentou neste ano. Os dados são do Exército Brasileiro (EB) responsável pela autorização no País. Somente nos sete primeiros meses deste ano, 689 civis obtiveram o Certificado de Registro (CR) na 7ª Região Militar, que responde pelos estados de Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Alagoas. Esse volume corresponde a 82% do total de CRs emitidos em todo o ano de 2016 nos mesmos estados, que foi de 832. As liberações são concedidas a pessoas classificadas como atiradores, colecionadores e caçadores.

.: Leia também: Adquiri uma arma de fogo. Quais são meus direitos e deveres?

No Brasil, além do Exército, a Polícia Federal também é responsável pela liberação de aquisição de armas de fogo por civis. Depoimentos colhidos pela reportagem do Diário de Pernambuco revelam que o crescimento de pessoas interessadas em obter registro de arma do Exército se deve, em parte, ao aumento do número de clubes de tiros. Dados do Exército apontam que, em todo o Brasil, no ano passado, foram emitidas 20.575 licenças para pessoas físicas terem acesso a armas de fogo. Em 2015 foram 7.215 certificados de registro. Neste ano, nos sete primeiros meses, 14.024 cidadãos obtiveram CRs.

LICENÇA PARA PORTE DE ARMAS
Para obter uma arma de fogo de maneira legal no Brasil, o cidadão pode fazer dois caminhos, já que as permissões são autorizadas pelo Exército Brasileiro e pela Polícia Federal. A PF é responsável pelo Sistema Nacional de Armas (Sinarm), onde são cadastradas as armas de fogo dos cidadãos, das empresas de segurança privada, da Polícia Civil e de outros funcionários públicos. Para os civis, a lista inclui revólveres calibres 22, 32 e 38, além das pistola 380. Já o Sistema de Gerenciamento Militar de Armas (Sigma), de responsabilidade dos militares, cadastra as armas de fogo das próprias Forças Armadas, das polícias militares, de representantes diplomáticos, de alguns órgãos governamentais, e das categorias compostas por colecionadores, atiradores e caçadores (CAC). Com uma lista mais extensa, que inclui armas longas de repetição e semiautomáticas, esse tipo de permissão tem atraído mais interessados.

 

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

Leave A Reply