FAB doa aeronaves desativadas para Universidade Federal do ABC

Fonte: UFABC// A Força Aérea Brasileira (FAB) doou duas aeronaves desativadas a Universidade Federal do ABC (UFABC) na última sexta-feira, 19 de maio. De acordo com a UFABC, as aeronaves Bell UH-1H (Iroquois) e Embraer EMB-110 serão destinadas ao curso de graduação em Engenharia Aeroespacial. O processo de solicitação de doação das aeronaves foi iniciado em 2010, quando a UFABC oficializou seu interesse pelos equipamentos, então disponíveis na Base Aérea de Anápolis, em Goiás, para fins de doação para exibição pública e apoio à pesquisa e à formação de novos engenheiros aeroespaciais.

.: Leia também: Revitalização do Bandeirante poderá contar com apoio da Embraer

A UFABC insere-se no contexto aeronáutico por ser uma das primeiras universidades brasileiras a oferecer uma graduação em Engenharia Aeroespacial – que, na ocasião do primeiro contato com o Comando da Aeronáutica, contava com o maior corpo docente da área no país. Os laboratórios específicos do curso, no entanto, ainda careciam de equipamentos importantes e de difícil aquisição, como aeronaves reais, a partir das quais os alunos podem conhecer sistemas e aspectos práticos de conteúdos imprescindíveis à sua formação, relativos a áreas como aerodinâmica, estruturas, sistemas de propulsão e instrumentação. e15b0a2400798d125a6a71430a69fc5f_w750 Em 2014, o Ministério da Defesa formalizou a possibilidade de doação das duas aeronaves agora recebidas: Bell UH-1H (Iroquois) e Embraer EMB-110. Os equipamentos serão incorporados ao arsenal de instrumentos de ensino e pesquisa da Engenharia Aeroespacial da UFABC e representarão mais um valioso distintivo da qualidade do curso, por contribuírem diretamente para a melhor formação de profissionais aptos à atuação ampla e especializada na estratégica indústria aeroespacial e na aviação militar, de fundamental importância ao desenvolvimento nacional. O Diretor do Centro de Engenharia, Modelagem e Ciências Sociais Aplicadas, Prof. Dr. Annibal Hetem Junior, esteve presente na ocasião da recepção das aeronaves. De acordo com ele, “a instalação dessas aeronaves na UFABC elevará o nível de nossos cursos, além colocar a nossa universidade na constelação das instituições de ensino que têm essa classe de instalações – um restrito e privilegiado grupo de universidades. Lembremos ainda do fato de terem sido aeronaves que estiveram na ativa: isso agrega a esses equipamentos um valor histórico e patriótico único e insubstituível. As aeronaves serão utilizadas como laboratórios para a prática de vários temas e disciplinas de nossos cursos regulares. Não podemos esquecer que a simples presença dessas aeronaves em nosso Campus SBC trará ainda mais valor e prestígio para a UFABC”. EMB -110 ???????O BEM-110 Bandeirante é um turbo-hélice metálico, de asa baixa e com capacidade para oito pessoas. O projeto do avião Bandeirante é anterior à criação da Embraer. O primeiro protótipo do Bandeirante foi construído em cerca de três anos após a aprovação do projeto, um fato inédito para a década de 1960. Em 22 de outubro de 1968 foi realizado o primeiro voo de teste do Bandeirante. Quatro dias depois, no aeroporto de São José dos Campos, o primeiro protótipo do Bandeirante realizou o primeiro voo oficial de demonstração.   BELL UH-1H (IROQUOIS) 138846397O UH-1 Iroquois é um helicóptero militar da fabricante Bell Helicopter Textron. Atua em missões de ataque, escolta, assalto aerotransportado e salvamento em combate. Com o envelhecimento da frota, a FAB já aposentou e doou algumas das 41 aeronaves do arsenal, destas quatro foram repassadas para a Força Aérea Boliviana.   VEJA TAMBÉM EM

53245_6

Leave A Reply