FAB> Primeira mulher a fazer voo solo em caça vai conduzir avião presidencial

Fonte: FAB//

Uma piloto da primeira turma de mulheres no curso de formação de oficiais aviadores da Academia da Força Aérea (AFA) será a primeira mulher a comandar a aeronave presidencial brasileira. A Capitão Aviadora da Força Aérea Brasileira (FAB) Carla Borges realizou primeira viagem com o presidente Michel Temer, na tarde da quinta-feira, 22. O Airbus A-319 decolou da Base Aérea de Brasília às 16h com destino ao aeroporto de Congonhas, em São Paulo. “É uma nova etapa da minha vida. É muito orgulho para qualquer um poder transportar o Presidente da República. É a maior autoridade do País”, afirma a oficial.

.: Leia também: AERONÁUTICA> Pilotos da FAB participam de exercício de liderança de combate na Suécia

Carla foi a primeira mulher a integrar o Esquadrão Escorpião, localizado em Boa Vista (RR), que emprega o A-29 Super Tucano na defesa das fronteiras. O pioneirismo se repetiu quando ela se tornou a primeira mulher a chegar à primeira linha da aviação de caça. A FAB informou que, em pouco mais de dez anos de carreira, a militar acumulou mais de 1,5 mil horas de voo no comando de nove modelos diferentes de aeronaves. No voo em uma aeronave de caça, a piloto decolava sozinha com o avião armado para as missões de ataque e interceptação.

Agora, a comandante passa a viajar com mais dois pilotos, dois mecânicos, um especialista em comunicações e quatro comissários. “A aviação de caça tem um voo com objetivos diferentes. Na aviação do transporte de autoridades, preza-se mais pela tranquilidade do voo. É muito mais cuidadoso para evitar qualquer tipo de distúrbio, turbulências, para realmente dar conforto para a autoridade, que muitas vezes está trabalhando a bordo”, disse a capitão.

MULHERES NA FAB
i16122217142452108Em 1982, quando a FAB recebeu a primeira turma feminina, as mulheres eram exceção. Passados 34 anos, a presença feminina é uma realidade em praticamente todos os setores: das cabines de aeronaves de combate até o comando de uma organização militar. De acordo com dados de dezembro deste ano do Comando-Geral do Pessoal (COMGEP), hoje elas são um total de 11 mil mulheres, o que representa 16% de todo o efetivo.

Em relação a sua atividade-fim, as mulheres estão em todas as aviações (caça, transporte, helicóptero, reconhecimento, busca e salvamento, patrulha). Assim como a Capitão Carla, as primeiras aviadoras formadas pela AFA em 2006 estão na primeira linha de suas aviações. Em outubro deste ano, a Capitão Aviadora Joyce de Souza Conceição tornou-se a primeira piloto brasileira a pousar no continente antártico. A Capitão Adriana Gonçalves, também piloto operacional da maior aeronave em operação atualmente na FAB, o Boeing 767, já participou de missões internacionais da FAB, como o transporte de tropas para o Haiti.

i16122294955174006

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

Salvar

Salvar

Leave A Reply