FINCANTIERI quer levar projeto de Corveta Tamandaré para Pernambuco

Fonte: Diário de Pernambuco//

A experiência da empresa italiana Fincantieri na fabricação de navios para as Forças Armadas coloca o estaleiro Vard Promar, no Complexo Industrial Portuário de Suape, em patamar elevado para a próxima etapa da concorrência nacional para a construção das novas corvetas da Marinha do Brasil, Classe Tamandaré. A Fincantieri é dona do estaleiro pernambucano e o know how da controladora assegurou a participação na disputa. Além disso, entram na conta a localização geográfica do estado, a infraestutura do porto e a proximidade do complexo aos centros tecnológicos. O contrato é de US$ 1,8 bilhão.

.: Leia também: ITÁLIA sai na frente e tenta garantir contrato das novas corvetas da Marinha do Brasil

De acordo com o secretário de Produtos de Defesa do ministério, Flávio Basílio, as condições para integrar a concorrência exigem qualificação. “Várias empresas internacionais foram habilitadas e a italiana Fincantieri é uma empresa sólida, historicamente bem apresentada no mercado, na fabricação de produtos do setor e que conhece os processos das forças e os detalhes do projeto. É um diferencial. Pernambuco ganha com o fato de ela ser dona do Vard Promar, e estar em Suape”, ressaltou, destacando que a empresa vencedora será anunciada em 2018 e as entregas dos navios acontecerão entre 2019 a 2022. Cada navio terá custo médio de US$ 450 milhões.

A lista de empresas habilitadas na primeira etapa à concorrência foram BAE Systems Ltd (Inglaterra); Chalkin Shipyards S.A. (Grécia); China Shipbuilding and Offshore Co.Ltd (China); China Shipbuilding Trading Co.Ltd (China); Damen Schelde Naval Shipbuilding B.V. (Holanda); DCNS do Brasil Serviços Navais Ltdª (França-Brasil); Ficantieri S.p.A. (Itália); German Naval Yards Inc. (Alemanha); Posco Daewoo do Brasil (Coreia do Sul); Rosoboronexport Joint Stock Company (Rússia); SAAB Ab (Suécia); Singapore Technologies Marine Ltd (Cingapura); State Research and Design Shipbuilding Centre (Ucrânia); Turkish Associated Shipyards (Turquia); Thyssenkrupp Marine Systems GmbH (Alemanha); Wuhu Shipyard Co (China); e Zentech do Brasi Serviços Técnicos Ltdª (Brasil).

VEJA OUTRAS NOTÍCIAS SOBRE A CORVETA TAMANDARÉ:

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

 

Leave A Reply