FORÇA NAVAL> Depois de 45 anos, Marinha aposenta Navio Varredor ‘Anhatomirim’

Fonte: Marinha//

Depois de servir por 45 anos, a Marinha do Brasil (MB) aposentou o Navio Varredor “Anhatomirim”. Acumulando 1.541 dias de mar e 210.053 milhas náuticas navegadas em mais de quatro décadas de serviço, o NV “Anhatomirim” adestrou muitas gerações de marinheiros nas operações de contramedida de minagem, uma vez que foi desenvolvido para varrer minas de contato e de influência. O navio foi construído em madeira, com baixa assinatura magnética e equipado para tarefas de varredura mecânica, acústica, magnética e combinada.

.: Leia também: MARINHA> Depois de 8 anos de manutenção, corveta ‘Júlio de Noronha’ volta ao mar

O atual Comandante da Fragata “Defensora”, Capitão de Fragata Ricardo Augusto Corrêa Netto Guimarães, comandou o NV “Anhatomirim” entre os anos de 2003 e 2004 e esteve presente a cerimônia de desativação da embarcação. “Fiz questão de vir a esta cerimônia, por causa do amor que tenho pelo navio. Vivi um período muito feliz da minha vida na Marinha no comando do ‘Anhatomirim’, quando tive a oportunidade de operar bastante e viajar para vários portos”, declarou.

Integrante da classe “Aratu”, composta por um total de seis navios varredores, o “Anhatomirim” foi construído pelo estaleiro Abeking & Rasmussen, na cidade de Lemwerder, na Alemanha, e teve a quilha batida em 2 de abril de 1969, sendo lançado ao mar no dia 4 de novembro de 1970. Foi incorporado à Armada em 30 de novembro de 1971, quando passou à subordinação do Comando do 2º Distrito Naval.

anhatomirim

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

 

 

Leave A Reply