FORÇA TERRESTRE> Exército realoca unidades de artilharia antiaérea

Fonte: ID&S//

O Exército Brasileiro está planejando alterações na organização interna. As informações, divulgadas no site americano Jane’s, fazem parte do Plano Estratégico 2016-19. Uma das mudanças estudadas pela Força Terrestre é estabelecer um Comando de Defesa Antiaéreo. Veja algumas das medidas que serão adotadas.

.: Leia também: REESTRUTURAÇÃO> Esquadrões da FAB têm sede nova em 2017

18642974568_e6f245ed01_kFUSÃO DE UNIDADES
O 12° Grupo De Artilharia Antiaérea de Selva, sediado em Manaus, vai se unir à 1° Brigada de Artilharia Antiaérea, sediada em Guarujá.

REALOCAÇÃO
Ainda neste ano de 2017, a 3ª Bateria de Artilharia Antiaérea (3ª Bia AAAe), sediada em Uruguaiana (RS), será transformada no 9º Grupo de Artilharia Antiaérea (9º GAAAe ). A nova unidade ficará baseada em Três Lagoas(MS).

DESATIVAÇÃO
A 14ª Bateria de Artilharia Antiaérea (14ª Bia AAAe) em Olinda (PE) foi oficialmente desativada em 20 de dezembro de 2016 para formar o 12º Grupo de Artilharia Antiaérea da Selva (12º GAAAe Sl) em Manaus (AM), equipado com o sistema portátil de lançamento de mísseis terra-ar 9K338 Igla-S e os mísseis Saab RBS 70.

MUDANÇA DE SEDE
A 11ª bateria antiaérea automotriz (11ª Bia AAAe AP), que faz parte da 5ª Brigada de Infantaria Armada (5ª Bda Inf Bld), foi transferida de Ponta Grossa para o Rio Negro (PR).

 

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

Leave A Reply