FORÇAS ARMADAS vão usar sistema de defesa cibernética russo

Fonte: ID&S com inf. de Folha de SP//

As Forças Armadas vão adotar um sistema de defesa cibernética russo. A empresa Kaspersky Lab, por meio da distribuidora brasileira EsyWorld sediada em São Paulo, vai fornecer para Marinha, Exército e Aeronáutica soluções de alta tecnologia. Os contratos firmados têm duração de três anos e somam R$ 8,4 milhões. A maior parte, R$ 4,5 milhões, é referente ao serviço prestado ao Exército. O contrato com a Força Aérea tem valor de R$ 2,3 milhões e da Marinha R$ 1,6 milhão. 

.: Leia também: ESTUDO avalia estratégia de defesa cibernética de países da América do Sul

Segundo informações do jornal Folha de SP, o governo deve fazer anunciar o início das instalações ainda nesta semana.  De acordo com a Kaspersky, a instalação já começou a ser instalada desde dezembro de 2016. Segundo a empresa, o antivírus será instalado aproximadamente em 120 mil máquinas. O contrato de manutenção oferece relatórios de ameaças e serviços de monitoramento e resposta a incidentes. Serão também oferecidos treinamentos.

Em nota, o Exército afirma que anteriormente não havia uma solução que atendesse a todas as suas unidades militares. Os estudos para implantar essa infraestrutura começaram em 2014. A Força Aérea diz que serviço semelhante já foi prestado pelas empresas Trend Micro e McAfee. Por meio de sua assessoria de imprensa, a Marinha apenas confirmou que contratou a solução.

O Exército afirmou que, por ter uma rede de computadores complexa, apenas empresas “líderes mundiais no mercado” estariam aptas a fornecer a solução e diz que todas elas são estrangeiras. Sistemas antivírus oferecem segurança a usuários finais, considerados um ponto crítico por especialistas por serem a porta de entrada para ataques mais sofisticados.

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

1 Comentário

  1. Isso é ruim. o Congresso dos EUA baniu essa empresa por acusação de espionagem de todo os EUA. no público e no privado. Além de que foi provado que essa empresa é estatal russa camuflada que sabotou as eleições do Trump e do Macron. Forças Armadas pelo visto não leem noticiário intencional.

Leave A Reply