FUNDAÇÃO EZUTE assina novo contrato com a DCNS durante a LAAD

Fonte: Fundação Ezute//

A Fundação Ezute e a empresa francesa DCNS renovam a parceria iniciada em 2011, com a assinatura de um aditivo ao contrato vigente. A formalização dessa nova etapa foi realizada no dia 5 de abril, às 17h, no estande da Ezute na LAAD Defence & Security 2017 (Pavilhão 2, estande X-34). O evento também marcou as comemorações pelos 20 anos da Fundação Ezute.

.: Leia também: BNDES garantirá linha de crédito internacional para produtos de defesa

O novo contrato contempla nova etapa de treinamentos da equipe da Fundação Ezute, realizados na França, como parte do programa de transferência de conhecimento e tecnologia do Sistema de Combate do Submarino Brasileiro (S-BR), dentro do Programa de Desenvolvimento de Submarinos (PROSUB). Um grupo de engenheiros da Fundação Ezute permanecerá por dois meses na sede da DCNS, em Toulon, na França, para uma nova etapa de treinamentos e absorção de tecnologia. A equipe também irá acompanhar os testes de aceitação do Sistema de Combate, realizados em plataforma (Combat System Shore Integration Facility – SIF). Após esse evento, uma etapa complementar de atividades de treinamento será realizada no Brasil.

André Portalis, diretor do Programa PROSUB pela DCNS, declara: “ A DCNS está muito satisfeita pela nova etapa alcançada com a Fundação EZUTE, o que confirma o compromisso do grupo em transferir conhecimento para empresas brasileiras no âmbito do programa de nacionalização definido conjuntamente com a Marinha do Brasil para o programa de Desenvolvimento de Submarinos PROSUB.” A DCNS, na qualidade de fornecedor e integrador de sistema de combate “State of the Art” é responsável pela integração e performance do sistema SUBTICS instalado nos submarinos S-BR e SN-BR e está contribuindo para a capacitação dos profissionais da Fundação EZUTE, líder brasileira na expertise de integração de sistemas complexos na área de Defesa.

“Essa nova etapa reforça o compromisso da Fundação Ezute em ser a organização brasileira parceira da Marinha para manutenção e evolução dos Sistemas de Combate de Submarinos, do PROSUB e de atuar em prol da autonomia e soberania nacional”, conclui o presidente da Fundação Ezute, Eduardo Marson Ferreira.

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

Leave A Reply