General linha dura do Exército vai mapear segurança pública do Rio

Fonte: Com inf. de O Globo//

O governo federal designou o general-de-divisão da reserva Carlos Alberto dos Santos Cruz, de 65 anos, para mapear a situação do estado do Rio de Janeiro e traçar um diagnóstico da segurança pública. Com fama de ser um militar linha dura, o general assumiu a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) no último dia 20 de abril depois de ser escolhido pelo ministro da Justiça Osmar José Serraglio. O general tem na bagagem o comando de uma operação única na República Democrática do Congo: foi mandado para lá em abril de 2013 para caçar, prender e matar aqueles que o Conselho de Segurança da ONU considerava inimigos. Pela primeira vez, desde 1948, a ONU alterava o conceito de manutenção da paz para imposição da paz.

.: Leia também: MODERNIZAÇÃO do caça F-5 Tiger II será finalizada em junho, divulga FAB

No Congo, à frente de 22 mil homens de 20 diferentes países e com um orçamento de US$ 1,5 bilhão, foi bem-sucedido. Segundo militares ouvidos ontem pelo GLOBO, o general foi lembrado pela ONU para atuar na África depois de outra operação espinhosa, desta vez no Haiti. No comando de 12 mil homens, foi mandado para lá em 2006 e ficou até 2009. Sua missão: tomar a favela Cité Soleil, um enclave de criminosos em Porto Príncipe, a capital do país. Foram quase dois dias de batalha, com baixas civis duramente criticadas por organizações humanitárias.

Um dia após o Rio se tornar refém de uma guerra entre traficantes na Cidade Alta, em Cordovil, o Ministério da Justiça decidiu enviar, num primeiro momento, cem agentes da Força Nacional de Segurança e cem da Polícia Rodoviária Federal para o estado.

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

1 Comentário

  1. Guilherme Lima de Andrade on

    Boa tarde para todos !

    Ao general, eu quero desejar sucesso nessa guerra.

    Att,
    Guilherme L. de Andrade ,reside em Macaé – RJ, 27 anos, servidor público municipal.

Leave A Reply