HAITI> Missão de paz brasileira será estendida por mais 6 meses, divulga ONU

Fonte: ONU//

O Conselho de Segurança da ONU estendeu por mais seis meses o mandato da Minustah (Missão das Nações Unidas para Estabilização do Haiti), que é liderada pelas tropas brasileiras. Com isso, as forças da ONU ficarão em solo haitiano até 15 de abril de 2017. A renovação já era esperada em meio à devastação provocada pelo furacão Matthew, que deixou mais de mil mortos no país e levou ao adiamento da eleição presidencial, marcada para o domingo (9).

.: Leia também: COOPERAÇÃO> Militares enviam 10 toneladas de donativos ao Haiti

Hurricane Matthew Jeremie Les CayesCerca de 2,1 milhões de pessoas, incluindo 894 mil crianças, foram afetadas, e 1,4 milhão de pessoas, ou 12,9% da população, precisam de assistência humanitária, incluindo 592,6 mil crianças. Cerca de 750 mil pessoas, incluindo 315 mil crianças, precisam de ajuda humanitária nos próximos três meses.

Além da miséria, o país mais pobre das Américas também foi atingido, nos últimos dez anos, por um furacão (Felix, em 2007) e um terremoto em 2010 que matou 220 mil pessoas e devastou a já precária infraestrutura haitiana. Logo após o terremoto, um surto de cólera originado entre membros nepaleses da Minustah matou mais de 9 mil pessoas. Casos da doença voltaram a ser registrados na última semana, devido à contaminação da água pelas inundações causadas pelo furacão.

A Minustah é composta por 2.730 soldados e 2.601 policiais. Foi criada pela ONU em 2004 para restabelecer a normalidade institucional no Haiti depois de sucessivos episódios de turbulência política, que culminaram com a partida do então presidente Jean Bertrand Aristide para o exílio.

ATUAÇÃO BRASILEIRA

?????????????????O comandante da Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti (Minustah), general Ajax Porto Pinheiro, informou que as futuras ações desempenhadas pelo contingente brasileiro no país caribenho serão de ajuda humanitária. Após deslocar 570 militares brasileiros integrantes da Infantaria e de tropas da Companhia de Engenharia do Exército, além de Fuzileiros Navais, para a região mais afetada pelo furacão, o general Ajax destaca que os militares agora atuam em várias frentes, bem como na segurança de comboios humanitários.

Ainda com foco na ajuda humanitária, as tropas da Minustah também realizam a segurança das ONGs que transportam mantimentos.  “Estamos fazendo também segurança de transporte de gêneros e embarcações, que é algo inédito para nós. Como várias comunidades estão no litoral, nós estamos levando gêneros diretamente aos pequenos portos dessas comunidades”, esclareceu o general.

Hurricane Matthew Jeremie Clean Up

 

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

 

 

Leave A Reply