ÍNDIA cancela programa de caça-minas ‘Make In India’

Em mais um golpe importante para o plano ‘Make in India’ no setor de defesa, o governo indiano cancelou o projeto de US$ 5 bilhões para construir 12 caça-minas avançados em colaboração com a Coreia do Sul no estaleiro de Goa. Os navios caça-minas avançados ou os navios de contramedidas de minas (MCMV) são navios de guerra especializados de cerca de 900 toneladas que detectam, rastreiam e destroem minas subaquáticas colocadas por forças inimigas para atrapalhar portos e instalações offshore, perturbar o transporte marítimo e o comércio marítimo.

.: Leia também: ÍNDIA anuncia construção de seis submarinos nucleares

A Marinha Indiana, que iniciou este processo de aquisição em julho de 2005, precisa de 24 MCMVs para proteger as costas leste e oeste, mas está trabalhando apenas com quatro navios-varredores de minas de 30 anos de idade no momento. Este “grande fosso de capacidade operacional” é ainda mais alarmante porque os submarinos nucleares e convencionais chineses, que podem silenciosamente lançar minas, estão fazendo regularmente incursões no oceano Índico atualmente.

Fontes importantes dizem que o governo dirigiu o Estaleiro de Goa para iniciar o processo todo novamente para o projeto de MCMV já atrasado, que foi fortemente pressionado pelo ministro chefe de Goa, Manohar Parrikar, quando ele era o ministro da Defesa, depois de desfazer as prolongadas negociações comerciais com o estaleiro sul-coreano Kangnam. “O Estaleiro de Goa foi convidado a emitir uma nova manifestação global de interesse (EoI) para os MCMVs. O novo RFP (pedido de proposta) ou concorrência virá a seguir.

As negociações finais com o Kangnam ficaram paralisadas por muito tempo porque este queria desvios do RFP original. Havia também algumas questões de ToT (transferência de tecnologia), estratégia de construção e problemas de custos”, disse uma fonte.

Fonte: Times of India via Poder Naval

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

Leave A Reply