JUNGMANN diz que é preciso ‘reinventar’ sistema de segurança pública

“O desenho do sistema de segurança do Brasil que foi feito na Constituição de 1988 está falido porque foi ultrapassado pelos fatos e pela gravidade da crise que nós vivemos atualmente.”  A afirmação é do ministro da Defesa, Raul Jungmann. Em entrevista ao Revista Brasil, ele explicou que é preciso “reinventar o sistema” devido às ameaças à sociedade, às instituições e à democracia.

.: Leia também: JUNGMANN defende Pacto Nacional para enfrentar crise na segurança pública

Ele lembra que no ano passado o governo investiu R$ 3 bilhões no Plano Nacional de Segurança para reconstruir o setor, mas ressalva que além de ser uma obra de médio e longo prazos, a ser feita por vários governos, existe a necessidade de participação do Congresso e da sociedade. Jungmann também aponta como erros dos governos estaduais na segurança pública “um sistema prisional absolutamente saturado, onde surgiram as grandes gangues que controlam o crime nas ruas”. Além disso, ele observa que a polícia é mal-remunerada, mal equipada e faz greves, o que é vetado pela Constituição e deixa a população à mercê da criminalidade.

Outro problema, de acordo com o ministro: em um ano e meio, ocorreram 11 intervenções das Forças Armadas na segurança de vários estados. Ainda, na avaliação dele, a falta de verbas é agravada pela inexistência de um piso para a segurança pública. Dos 17 mil quilômetros de fronteiras do país, por onde entram armas e drogas, o ministro Raul destaca que 9 mil são formados por floresta e água. Lembra ainda que quatro dos dez países vizinhos do Brasil são grandes produtores drogas. “Nós temos que nos entender e montar programas binacionais com esses países para poder conter o tráfico”, afirma.

Revista Brasil vai ao ar, de segunda a sábado, às 8h, na Rádio Nacional de Brasília. É transmitida de segunda a sexta-feira, às 8h, na Rádio Nacional da Amazônia e na Rádio Nacional do Rio de Janeiro. E também, de segunda a sexta-feira, às 6h, na Rádio Nacional do Alto Solimões. 

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

Leave A Reply