MARINHA confirma início das tratativas para compra de portas-helicópteros HMS OCEAN

A Marinha do Brasil recebeu autorização do Ministério da Defesa (MD) para começar as tratativas formais para a aquisição do porta-helicópteros britânico HMS OCEAN. De acordo com a Força Naval, a autorização foi concedida no dia 29 de novembro de 2017. “A partir da autorização, a MB está executando a continuidade das negociações dos diversos aspectos que envolvem a transferência de titularidade, a formalização do contrato de aquisição e sua posterior assinatura”, explicou em nota a Marinha.

.: Leia também:US Navy atraca no Rio de Janeiro a caminho do Japão

Ainda segundo a Força Naval, duas equipes de militares brasileiros já avaliaram o navio ao longo deste ano. As avaliações foram feitas com o navio atracado e outra em alto mar. O HMS Ocean-L2 está em operação há 20 anos na Marinha britânica e deve ser negociado por um preço em torno de R$ 350 milhões.

O navio tem capacidade para carregar até 18 helicópteros. Na Marinha inglesa, o L2 é empregado em ações expedicionárias e missões humanitárias. Antes da transferência, o porta-helicópteros passará por um período de preparação no Reino Unido, sob supervisão de militares brasileiros, para “revisão de equipamentos e sistemas”, de acordo com nota do Comando da Marinha. Tripulantes, especialistas e técnicos serão submetidos a um ciclo de cursos associados ao treinamento, nos centros de instrução da Royal Navy, “visando à familiarização dos militares com o navio”.

Depois disso, já nas instalações navais do Rio, e ao longo de um ano, efetivos da aviação embarcada, dos fuzileiros navais e dos operadores de bordo farão viagens de exercício, “para adaptação à doutrina de operação”. Quanto ao porta-aviões São Paulo, descomissionado neste ano, a Marinha disse que ainda está sendo realizado estudos para a destinação do casco.

L-12-HMS-Ocean-012-1024x572

CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS DO HMS OCEAN
Tipo, classe: Landing Platform, Helicopter – LPH / único da classe
Construtores: Kvaerner, Govan Ltd., (construção) / Vickers Shipbuilding & Engineering Ltd., Barrow-in-Furness, (acabamento)

STATUS
Contratado: 11 de maio de 1993
Batimento de quilha: 30 de maio de 1994
Lançado: 11 de outubro de 1995
Comissionado: 30 de setembro de 1998
Desativação na RN: 2018
Base: HMNB Devonport, Plymouth
Lema do navio: EX UNDIS SURGIT VICTORIA (das ondas surge a vitória)

DADOS TÉCNICOS
Comprimento: 203,4 metros
Boca: 35 metros
Calado: 6,5 metros
Deslocamento: 21.500 toneladas
Velocidade: 15 nós (28 km/h) – cruzeiro / 18 nós (33 km/h) – máxima
Alcance: 8.000 milhas náuticas (13.000 km)
Tripulação: 285 (navio) + 188 (tripulação aérea)

PROPULSÃO
2 motores a diesel Crossley-Pielstick V12
2 eixos / 2 hélices

ARMAMENTO
4 x canhões DS30M Mk.2 30mm
3 x CIWS Phalanx
4 x Miniguns 7.62mm

AVIAÇÃO
Grande convés de voo / hangar para até 18 helicópteros (Sea King, Lynx, Merlin, Chinook, Apache, Wildcat).
Fonte: ID&S com inf de Estadão

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

Leave A Reply