Marinha desloca fragata ‘União’ para missão no Líbano

Fonte: Marinha//

A Fragata “União” (F45) vai substituir a Fragata “Liberal” a partir de 8 de março na missão da Marinha do Brasil no Líbano. Esta será a quarta participação da “União” na força-tarefa marítima da Força Interina das Nações Unidas do Líbano (UNIFIL). A F45 está carregando 44 mil unidades de medicamentos doados pelo Brasil para a Síria para atender a população desabrigada e atingida pelos conflitos no país árabe. A entrega será feita no Líbano e a OMS (Organização Mundial da Saúde) ficará responsável pelo transporte da carga do Líbano até a Síria.

.: Leia também: EXCLUSIVO> Marinha vai substituir fragatas por corvetas, revela Alm. Ivan Taveira

A F45 é uma fragata Classe Niterói. Totalmente construída no Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro, a F45 passou por um processo de modernização em 2003 e por um período de docagem extraordinário no ano passado para ser preparada para a missão do Líbano. De acordo com o diretor de Engenharia Naval, Contra-Almirante Ivan Taveira Martins, a Marinha estuda fazer uma revitalização de itens do sistema de combate e de sistemas da plataforma em navios da classe Niterói, para extensão de seus ciclos de vida em até 15 anos.

.: Leia também:  Marinha do Brasil comemora 5 anos de missão no Líbano

HISTÓRICO
A missão UNIFIL foi criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1978 e conta com cerca de 12 mil militares e policiais, além de funcionários civis de diversas nacionalidades. A Marinha do Brasil integra a missão desde 2011, quando foi autorizada pelo Congresso Nacional a enviar um navio para integrar a força-tarefa. A presença do navio brasileiro naquela região contribui para a garantia da paz e da segurança do Líbano, impedindo a entrada de armamento, munição, drogas e contrabando. A unidade brasileira é equipada com helicóptero e possui tripulação de 243 militares brasileiros.

F45-no-Líbano

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

Leave A Reply