MARINHA: Navio Hidrográfico “Sirius” completa 60 anos de incorporação à Armada

O Navio Hidrográfico “Sirius” (NHiSirius) completou 60 anos de serviço ativo na Marinha do Brasil (MB) no dia 17 de janeiro. Construído no Japão ao final da década de 1950, o navio foi o primeiro meio adquirido pela Força Naval com a finalidade de ser empregado, especificamente, em serviços hidrográficos, bem como foi a primeira embarcação a realizar operações aéreas. Para marcar a data, o navio permaneceu, entre os dias 11 e 15 de janeiro, atracado no Píer Mauá, junto ao Museu do Amanhã, aberto à visitação pública, recebendo cerca de 3.500 visitantes.

.: Leia também: MARINHA inaugura ‘Centro de Solo’ em parceria com Embraer e Fundep

No dia 16 de janeiro, foi realizada a cerimônia militar alusiva à data. O evento contou com a presença de diversas autoridades militares, do Cônsul-geral do Japão no Rio de Janeiro, Yoshitaka Hoshino, que recebeu uma lembrança em referência à construção do Navio no país, e do Embaixador da Namíbia no Brasil, Samuel Nuuyoma, que recebeu uma maquete do Navio. Foi entregue, também, às mãos do Adido Naval da Namíbia, o primeiro exemplar da Carta Náutica Comemorativa do Jubileu de Diamante do Navio. A carta representa o Porto de Walvis Bay, cujo Levantamento Hidrográfico para sua confecção foi realizado pelo Sirius, em 1997.

sirius(2)

NAVIO HIDROGRÁFICO “SIRIUS”
Deslocamento: 1.448 ton (padrão), 1.885 ton (carregado)
Dimensões: 77.90 m de comprimento, 12.03 m de boca e 3.70 m de calado
Propulsão: dois motores diesel Villares B&W de 10 cilindros em V, com potência de 1.550 HP a 850 rpm, acoplados a 2 eixos com hélices de passo controlável de quatro pás com 2.0m de diâmetro e acionamento hidráulico
Geração de energia: três grupos motores geradores auxiliares (MCA), com motores Cummins NTA 855G4 de 6 cilindros em linha, o que proporciona 250 KVA a 1800 rpm. Os geradores são de fabricação NEGRINI. O diesel gerador de emergência (DGE) é de fabricação NEGRINI (100KVA).
siriusCapacidade de combustível: 350 toneladas.
Capacidade de aguada: 152 toneladas.
Velocidades: velocidade máxima de 14 nós; velocidade máxima mantida de 12 nós e velocidade de cruzeiro de 11 nós.
Raio de Ação: 12.000 minhas marítimas a 11 nós.
Armamento: nenhum.
Sensores: 2 radares de navegação, um Decca 1230 e um Furuno Mk 1942.
Equipamentos: dois ecobatímetros para Hidrografia: Simrad EA 500 (12, 38 e 200KHz) e Atlas Deso 25 (33 e 210KHz); um ecobatímetro Coester SQN-3V para Navegação; ecobatímetros portáteis ODOM Hydrotrac; duas lanchas hidrográficas; um guincho oceanográfico e uma sondareza.
Aeronaves: pouso de Esquilo UH-12/13 e Bell IH-6, VERTREP com helicópteros do porte de até UH-14 e PICK-UP com helicópteros do porte de SH-3.
Código Internacional de Chamada: PWQO
Tripulação: 129 homens.

Fonte: Marinha

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

Leave A Reply