MARINHA> Nova estação brasileira de pesquisa começa a ser construída na Antártica

Fonte: Folha de SP//

Começou na última terça (13) a obra da nova Estação Antártica Comandante Ferraz, que será construída pela empresa chinesa Ceiec (Corporação Chinesa de Importações e Exportações Eletrônicas). A base custará US$ 99,6 milhões. A nova estação da Marinha vai substituir a antiga que pegou fogo em 2012 e chegou a causar a morte de dois militares da Força. O projeto arquitetônico é do Estúdio 41, escritório de Curitiba que venceu concurso para escolher a estrutura da nova estação.

.: Leia também: PESQUISA> Navios da Marinha do Brasil iniciam viagem à Antártica

A chegada do cargueiro Yong Sheng está prevista para quinta-feira (15). Nele virão outros 53 contratados da Ceiec, entre eles dois cozinheiros, e todo o material necessário para a construção. Nesta primeira fase da obra, que prossegue até o final do verão antártico, em março, haverá finalização apenas das fundações. A montagem do corpo principal da estação, com 4.500 m2 e 17 laboratórios, ocorrerá no verão 2017/18, quando até 90 chineses trabalharão na obra.

TRATADO

estacao_antarticaNenhum país possui jurisdição sobre a Antártida, que com 14 milhões de km2 é quase do tamanho da América do Sul. O Tratado Antártico, de 1959, pôs em suspenso todas as pretensões territoriais e destinou o continente à pesquisa científica e à preservação ambiental. Membros consultivos (com direito a voto) do tratado têm a obrigação de realizar estudos de alto nível na região. As pesquisas têm de ser aprovadas por um comitê científico internacional e, no caso do Brasil, contam com logística fornecida pela Marinha.

A estação é guarnecida por um time permanente de militares, o chamado grupo-base, quase sempre composto por 15 pessoas. Eles permanecem na base o ano todo. Durante o inverno o “GB” fica isolado, pela impossibilidade de aproximação de navios após o congelamento da baía do Almirantado, onde fica a enseada Martel. O abastecimento é feito por fardos lançados em paraquedas por aviões Hércules C-130 da Força Aérea Brasileira. Todo o entorno da estação possui áreas protegidas, como aquelas cobertas por musgo. Além dessas plantas simples, só outras duas espécies vegetais são encontradas na Antártida, e só na costa do continente, onde também vivem aves, como pinguins, e vários tipos de foca.

camera_6_00000

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

Leave A Reply