MARINHA: Protótipo do submarino de propulsão nuclear ficará pronto em três anos

A Marinha do Brasil (MB) anunciou que o protótipo do submarino nuclear ficará pronto em cerca de três anos. A notícia foi dada durante a apresentação do prédio onde o protótipo está sendo construído, em Iperó, interior de São Paulo. O projeto, que já consumiu cerca de R$ 10 bilhões nos últimos 40 anos, ainda constará com investimento de outros R$ 2,2 bilhões para os próximos três anos. De acordo com a Força Naval, a versão definitiva do submarino de propulsão nuclear ficará pronta entre 2028 e 2030.

O desenvolvimento do reator de propulsão nuclear, que vai equipar o submarino, faz parte do escopo do Programa de Desenvolvimento de Submarinos (Prosub) da Marinha. Segundo o diretor de Desenvolvimento Nuclear da Marinha, Almirante André Luis Ferreira Marques, o programa sofreu grande contingenciamento financeiro entre 1997 e 2007, mas nunca parou. Na época, houve redução de 50% no número de funcionários. No ano passado, o projeto foi afetado indiretamente pela crise, que levou à insolvência muitas empresas fornecedoras de equipamentos e insumos.

O modelo está sendo montado no Laboratório de Geração de Energia Núcleo Elétrica (Labgene). “Estamos tocando ao mesmo tempo as obras civis e a montagem do protótipo com o reator. O Labgene tem de ficar pronto primeiro, para que possamos qualificar o projeto do submarino que será construído no complexo naval de Itaguaí”, disse o almirante.

O prédio onde será construído o protótipo tem paredes com 33 metros de altura e já abriga parte do casco do submarino – um cilindro de aço com 10 metros de diâmetro que terá cerca de 70 metros de comprimento. O modelo em terra será similar ao que vai navegar. A base para o motor elétrico de propulsão, de 7,4 megawatts, já está pronta e passa por testes. Ainda segundo o almirante, todos os componentes do reator nuclear já foram testados individualmente. O início da montagem está previsto para este ano. “É similar ao que vai equipar o submarino e será testado aqui antes.”

Fonte: ID&S com inf. de Estadão

LEIA TAMBÉM:

Newsletter

 

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

Leave A Reply