MILITARES brasileiros começam processo de desmobilização no Haiti

Fonte: MD//

O processo de desmobilização da tropa brasileira na Missão das Nações Unidas para Estabilização no Haiti (MINUSTAH) já teve início. Entre as ações previstas estão a desativação da Estação de Tratamento de Água (ETA 2), a confecção de cases e a preparação dos contêineres para a certificação. O chefe do Gabinete de Planejamento e Gestão do Comando Logístico do Exército (COLOG), general Carlos dos Santos Sardinha, acompanhou semana passada o andamento das atividades de desmobilização e reversão do material.

.: Leia também: FUZIL IMBEL IA2 é empregado pelo último contingente brasileiro no Haiti

O general Sardinha e sua comitiva ainda visitaram as instalações do Batalhão Brasileiro de Infantaria, do Grupamento Operativo de Fuzileiros Navais e da Companhia de Engenharia de Força de Paz. Atualmente, o 26º Contingente Brasileiro (CONTBRAS) encontra-se na fase de preparação para o encerramento da MINUSTAH, a qual seguirá até 30 de setembro. Nessa etapa, a tropa está realizando processos administrativos, revisando planos, executando inspeções e antecipando procedimentos que poderão facilitar os trabalhos subsequentes, sem comprometer a eficiência das atividades operacionais realizadas pela tropa.

A Minustah, missão de paz da ONU no Haiti, é composta por 2.730 soldados e 2.601 policiais. Foi criada em 2004 para restabelecer a normalidade institucional no Haiti depois de sucessivos episódios de turbulência política, que culminaram com a partida do então presidente Jean Bertrand Aristide para o exílio.

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

 

Leave A Reply