NEGÓCIOS> ‘Mercado português é ávido por produtos brasileiros’, diz diretor a Aicep

Fonte: Indústria de Defesa & Segurança com inf. da Fiesp//

“O mercado português é ávido por produtos brasileiros”, disse o diretor executivo da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (Aicep), Pedro Ortigão Correia, em encontro com empresários na Fiesp, SP, na última semana. A parceria comercial entre os países rendeu ao Brasil, somente no ano passado, um saldo favorável de US$ 12.3 milhões. Entre os principais produtos que o Brasil importou de Portugal estão aeronaves que corresponderam a 11% das importações realizadas em 2015.

.: Leia também: TECNOLOGIA> Portugal quer ajuda do Brasil para criar centro de coleta de dados espaciais nos Açores

hn640x440_mg_2801De acordo com Correia, Portugal está de portas abertas para os empreendedores brasileiros. “Estamos à vossa disposição”, disse. “A ligação do Brasil com Portugal não poderia estar em melhor fase”, garantiu.

Dentro do novo cenário econômico, segundo Correia, a perspectiva de crescimento do PIB lusitano é de 1,8% em 2016. “As exportações foram destaque. Há 500 anos fazemos negócios com o mundo inteiro”. Entre as vantagens competitivas, o administrador da Aicep citou a localização, com a proximidade dos Estados Unidos, os investimentos feitos em tecnologia e a qualidade das estradas, transporte aéreo e infraestrutura marítima e ferroviária. “Temos os melhores portos da Europa”, disse.

Durante a visita a Fiesp, o secretário de Estado da Internacionalização português, Jorge Costa Oliveira, contou que pediu que fossem organizadas missões do governo lusitano depois de tomar conhecimento do interesse de investimento por parte das empresas brasileiras. “O momento é de boas oportunidades na economia portuguesa”, afirmou. “Podemos ser uma boa porta de entrada para outros mercados na Europa. Incluam Portugal no vosso mapa”, disse.

PARCERIAS COMERCIAIS

kc390-fabEmbraer e Odebrecht são algumas das empresas brasileiras que investem hoje em Portugal. O novo cargueiro da Embraer, KC-390, inaugurou sua turnê internacional pelo País luso e a empresa anunciou em julho deste ano reforço nos investimentos nas fábricas portuguesas em cerca de 100 milhões de euros.

“Gostamos muito de falar que somos países irmãos. Mas fazemos poucas coisas em que sejamos efetivamente irmãos (…) e este KC-390 é um excelente exemplo de uma realidade efetivamente fruto da parceria entre Portugal e Brasil”, disse o primeiro-ministro, António Costa, durante a turnê do KC-390.

 

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

 

 

 

 

 

Leave A Reply