NEGÓCIOS> Polo de Santa Maria firma parceria com o Exército

Fonte: SEMINDE//

O Polo de Defesa de Santa Maria, RS, firmou um termo de parceria com o Exército Brasileiro. O objetivo é o intercâmbio de recursos técnicos e humanos para que as empresas associadas ao Parque Tecnológico possam atender as demandas de ciência, tecnologia e inovação do Exército Brasileiro. O Polo de Defesa conta com 19 empresas.

.: Leia também: FIERGS> Conheça a indústria de Defesa do Rio Grande do Sul

IMG_4357Para o gestor do APL Polo de Defesa, Diogo De Gregori, a defesa precisa ser vista como um projeto de Estado, e não de Governo, e que a política de APLs auxilia no desenvolvimento desta cadeia produtiva. “Este Memorando de Entendimento do DCT com o Tecnoparque é fundamental para o desenvolvimento do APL Polo de Defesa e o consequente estreitamento da relação das Forças Armadas com as empresas da região que estão produzindo tecnologia para o Setor”, disse De Gregori.

“Santa Maria é uma referência como Polo de Defesa e na aplicação do conceito de uma tríplice hélice, entre as empresas e as forças armadas, o poder público e as instituições de ensino e pesquisa. E eu vou levar este exemplo para outros lugares do país, porque com certeza Santa Maria será referência do setor no cenário nacional”, frisou o Chefe do Departamento de Ciência e Tecnologia (DCT) do Exército, General de Exército Juarez Cunha.

POLO DE DEFESA DE SANTA MARIA

As empresas de Santa Maria atuam nos segmentos: Desenvolvimento de sistemas e simuladores; Manutenção, reparação, adaptação e modernização de veículos para o Setor de Defesa e Segurança; Telecomunicações; Defesa Cibernética; Microcontroladores; e Aeronaves Experimentais.

 

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

 

Leave A Reply