NEGÓCIOS> Saab registra aumento de 22% na receita bruta no Primeiro Semestre

Fonte: Indústria de Defesa & Segurança//

A sueca Saab registrou aumento de 22% em receita bruta neste primeiro semestre de 2016. Segundo a criadora do Gripen NG, “todas as unidades de negócio registraram aumento de receita no período. O crescimento está associado principalmente ao programa Gripen, na unidade de negócios Aeronautics, um pedido recebido em 2015 por uma nova versão do sistema de vigilância aérea GlobalEye, nas unidades de negócios Surveillance e Support and Services, e ao desenvolvimento do submarino A26 pela unidade de negócios Saab Kockums”.

.: Leia também: NEGÓCIOS> Saab e LFV criam nova empresa para controle digital de tráfego aéreo

A análise da empresa é de que “o lucro bruto foi impactado mais uma vez pelos investimentos no desenvolvimento de um novo simulador de treinamento de aviões a jato em parceria com a Boeing (programa T-X), bem como por diversos grandes projetos em estágio incipiente, quando é esperado um nível menor de lucro”, divulgou em nota.

De acordo com a empresa, o mercado de Defesa foi impactado pelas crises econômicas, o que levou a um aumento nas encomendas de curto prazo da empresa. “Como consequência da restrição orçamentária, a Saab tem visto um aumento na demanda de curto prazo por soluções de defesa através de produtos e soluções de menor custo”, disse em nota.

Apesar da queda na carteira de pedidos, na comparação com o primeiro semestre de 2015, a Saab registrou novos contratos de vigilância aérea, munição para o sistema de armamento Carl-Gustaf e o desenvolvimento e produção do novo Sistema de Torpedos Leves para o governo sueco.

Segundo a empresa, a queda frente ao primeiro semestre do ano passado, deveu-se principalmente ao fato da economia de 2015 havia sido impactada pela encomenda da Administração de Materiais de Defesa da Suécia (FMV) de submarinos A26 e da reforma de submarinos classe Gotland.

PROJEÇÃO PARA 2016

A empresa projeta crescimento orgânico anual da receita de 5% para este ano. A Saab desenvolve, entre outros projetos, o novo caça da Força Aérea Brasileira (FAB), o Gripen NG. A FAB receberá 36 aviões. A primeira aeronave deverá ser entregue em 2019 e, a última, em 2024.

 

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

 

 

 

Leave A Reply