NOVO ATAQUE CIBERNÉTICO afeta grandes empresas de Rússia e Ucrânia

Fonte: Agência Brasil e Reuters//

Um novo ataque cibernético em massa atinge dezenas de instituições, empresas e bancos da Rússia e da Ucrânia nesta terça-feira (27), informou a Companhia de Cibersegurança russa Group-IB. “Várias companhias petrolíferas, financeiras e de telecomunicações nos dois países foram atacadas pelo vírus de cibersequestro de dados Petya”, diz comunicado da Group-IB.

.: Leia também: CIBERDEFESA: Ataque global de hackers afeta Brasil e mais de 70 países

A empresa explica que o Petya é um vírus similar ao WannaCry, que no último mês de maio afetou companhias e instituições de todo o mundo, como ocorreu com o sistema de saúde britânico. Desta vez, a principal produtora de petróleo da Rússia, a Rosneft, e a transportadora dinamarquesa Maersk também foram vítimas do ataque. A Maersk confirmou, em mensagem no Twitter, que seus sistemas caíram em vários lugares e em unidades de negócio. Em maio, o ataque mundial afetou mais de 200 mil usuários em 150 países.

Segundo a Group-IB, parece se tratar de um ataque coordenado que mirou vítimas na Rússia e na Ucrânia simultaneamente. “O ataque cibernético poderia provocar sérias consequências, mas a companhia recorreu a um sistema reserva de processamento de produção e nem a produção de petróleo nem a de refinamento foi interrompida”, informou a Rosneft.

O malware aplica o golpe chamado de ransomware, que “sequestra” os arquivos e só os libera mediante pagamento em moedas virtuais. Os conteúdos do sistema não necessariamente são retirados dos dispositivos, mas são codificados para impedir o acesso a eles. De acordo com informações de várias empresas, o vírus em questão faz aparecer na tela dos aparelhos afetados um pedido de US$ 300 de resgate. 

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS SOBRE CIBERDEFESA

 

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

Leave A Reply