Os 17 anos do Ministério da Defesa

Ontem se comemorou o décimo sétimo aniversário do Ministério da Defesa.  Uma data importante para todos os que se interessam pelo tema de Segurança no Brasil.

A unificação das três forças em um só Ministério foi um projeto desenvolvido durante vários anos.   O Ministério da Defesa foi antecedido pelo Estado Maior das Forças Armadas – EMFA.

Sem nos alongarmos, é importante notar que a partir do Ministério da Defesa tornou-se mais fácil o planejamento conjunto de projetos para as três  forças, o que gera grandes possibilidades para a Base Industrial de Defesa (BID) brasileira.

A partir de uma análise conjunta das necessidades das três forças, é possível, em muitos casos, alcançar a tão desejada escala de produção capaz de viabilizar a fabricação de artefatos aqui mesmo no Brasil. Padronizar para as três forças o armamento,  os meios de transporte, a munição, por exemplo,  permite que se alcance quantidade suficiente nas encomendas para despertar interesse em fornecedores brasileiros.

Em questões mais estratégicas, quando Marinha, Exército e Aeronáutica sentam-se à mesma mesa e planejam em conjunto, importantes questões  - por exemplo, como balancear a compra de caças versus a compra de artilharia antiaérea de modo a tirar maior proveito para  o Brasil dos escassos recursos orçamentários existentes para a  Defesa –  têm mais possibilidades de serem conduzidas  à bom termo.  Além disso,  atritos desnecessários entre as forças são evitados e há mais possibilidade de chegar-se a um consenso.

A criação das Empresas  Estratégicas de Defesa, a produção do Livro Branco de Defesa, a criação de cursos universitários contemplando o segmento de Defesa, a aprovação de um sistema tributário diferenciado para a Defesa mostram que o nosso país está finalmente compreendendo e agindo para ter um setor de Defesa adequado ao  seu tamanho  e riquezas.

Há muito ainda a ser realizado, mas estamos no caminho certo e o Ministério da Defesa têm se provado ao longo de seus 17 anos como um órgão indispensável para o amadurecimento do setor.

 O Editor

 

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

 

 

Leave A Reply