PARIS E BERLIM querem desenvolver novo avião de combate europeu

Fonte: Diário de Notícias (Portugal)//

França e Alemanha querem desenvolver um novo modelo de avião de combate europeu, no âmbito de um conjunto de medidas para fortalecer a cooperação franco-alemã na área da defesa e segurança, divulgou a Presidência francesa. O anúncio surge após o 19º Conselho de ministros franco-alemão que decorreu em Paris, sob a presidência do chefe de Estado francês, Emmanuel Macron, e da chanceler alemã, Angela Merkel.

.: Leia também: França encomenda quarto lote de drones Reaper para 2019

A agenda do encontro bilateral foi marcada por quatro grandes temas: defesa, inovação, educação e cultura. O projeto do novo avião de combate surge com o objetivo de renovar a atual frota aérea dos dois países, que vão elaborar um roteiro para o desenvolvimento do novo modelo até meados de 2018, segundo a mesma fonte. Paris e Berlim também acordaram criar um quadro de cooperação para o desenvolvimento de um futuro modelo do helicóptero de ataque Tiger (aparelho desenvolvido pela empresa franco-alemã Eurocopter), mas também de novas categorias de mísseis táticos terra-ar.

“O nosso desejo é ter uma nova geração de aviões de combate comum”, indicou Emmanuel Macron durante a conferência de imprensa conjunta com Angela Merkel, mencionando que a atual geração de aparelhos é desenvolvida por diferentes empresas, algumas delas europeias. “É preciso reduzir, simplificar as coisas para ser muito mais eficaz”, disse o chefe de Estado francês, porque “são projetos muito dispendiosos (…) que devem ser exportados”.

E reforçou: “É uma revolução profunda, mas não temos medo das revoluções quando elas são realizadas de forma consistente e a longo prazo”. As Forças Armadas francesas estão equipadas atualmente com o avião de combate Rafale de Dassault, enquanto a Alemanha tem os aparelhos de combate Eurofighter Typhoon e Tornado.

A nota informativa divulgada pelo Palácio do Eliseu (sede da Presidência francesa) indicou que os dois países também concordaram em cooperar na obtenção de sistemas terrestres, incluindo tanques pesados e artilharia. As delegações francesa e alemã abordaram igualmente o projeto Eurodrone, que visa o desenvolvimento de um “drone” (aparelho não tripulado) europeu e que está a ser liderado pela Alemanha.

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

Leave A Reply