PESQUISA > Embraer firma parcerias e negocia projetos em Santa Catarina

Fonte: Governo do Estado de Santa Catarina//

O governador Raimundo Colombo se reuniu na última sexta-feira (27) com o vice-presidente de Engenharia da Embraer, Humberto Pereira, para discutir futuros projetos que serão desenvolvidos em Santa Catarina. O executivo está em Santa Catarina para acompanhar o encerramento de um seminário sobre desenvolvimento integrado de produto, realizado pela Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras (Certi).

Também participou do encontro o presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de SC (Fapesc), Sérgio Gargioni, que conversou sobre os projetos de cooperação tecnológica entre as duas instituições. A Embraer, motivada pela qualidade da engenharia em Santa Catarina e pelas iniciativas da Fapesc para o setor aeronáutico, instalará em Florianópolis uma equipe de engenheiros para atuar no desenvolvimento desses projetos. A Fapesc é o órgão do Governo do Estado que aplica recursos em atividades de pesquisa, inovação, capacitação de recursos humanos e difusão de conhecimentos.

Convênio
Um grande passo para a viabilização dessa ação foi o convênio de Cooperação Tecnológica firmado entre a Fapesc e a Fundação Certi para estruturar um centro de excelência em sistemas aeronáuticos. O projeto envolve capacitação de equipe técnica em desenvolvimento de sistemas aeronáuticos e aquisição de equipamentos e ferramentas de laboratório.
As ações da Fapesc e da Embraer estão alinhadas também com outra conquista recente para Santa Catarina, que foi a seleção da Fundação Certi, no fim de 2014, como unidade da Associação Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (EMBRAPII) para Sistemas Inteligentes. A atuação é estendida também para apoiar as indústrias do segmento aeroespacial e defesa.

Como unidade EMBRAPII a CERTI tem acesso a R$ 36,63 milhões de recursos subvencionados ao longo de seis anos para desenvolvimento de soluções inovadoras em produtos e processos na sua área de atuação.

Considerando esta dinâmica do ecossistema de inovação catarinense, a Embraer também celebrou com a Unidade EMBRAPII Certi uma importante parceria para o desenvolvimento de tecnologia pré-competitiva de sistemas eletrônicos para uso aeronáutico.

Na decisão da Embraer, além do ambiente favorável da Fapesc e da condição da Certi de apoiar o projeto como Unidade EMBRAPII, também pesou a experiência e o domínio, pelos especialistas da Certi. A equipe detém competências técnico-científicas em eletrônica, software, metrologia e instrumentação, garantia da qualidade, confiabilidade, rastreabilidade e fabricação de produtos, através da sua unidade Labelectron. As instalações operam como laboratório-fábrica de manufatura eletrônica, que atua de forma competitiva em diversos projetos e já é bem testado por empresas locais e globais, atendendo requisitos rigorosos de qualidade para exportação.