POLO de Defesa de Santa Maria (RS) cobra apoio do Ministério da Defesa

Uma comitiva de empresários de Santa Maria (RS) foram recebidas pelo ministro da Defesa interino, general Silva e Luna, na última quinta-feira (15). O objetivo era tratar de avanços na constituição do Polo de Defesa e Segurança no estado, com o apoio da Defesa. Segundo o Ministério da Defesa (MD), o ministro Silva Luna tem acompanhado o desenvolvimento do Polo em Santa Maria, com a participação das Forças Armadas. Ele ouviu, durante a reunião, os membros da comitiva, que apresentaram o potencial de compras e desenvolvimento de produtos de defesa proporcionado pela iniciativa.

.: Leia também: SANTA MARIA mira no Polo de Defesa com investimentos em blindados e em simulação

O superintende da Agência de Desenvolvimento de Santa Maria (ADESM), Diogo De Gregori, explicou que a grande visão do Polo hoje é a nacionalização de produtos para defesa e segurança, aproveitando todo conhecimento e a cadeia de indústrias existentes. No campo do conhecimento, Santa Maria, hoje, tem em torno de 4 mil alunos da universidade que estão na área de tecnologia. Porém, os alunos se capacitam nos projetos e vão embora do estado, inclusive do País. Segundo o vice-reitor da UFSM, a expectativa é que a nacionalização modifique essa realidade.

Silva e Luna destacou que o Ministério da Defesa tem estado alinhado as ações do Polo de Santa Maria. “De alguma forma acompanhamos essa evolução. O que existe de Forças Armadas na área do Rio Grande do Sul já está estabilizado. É um estado onde as três Forças são muito bem representadas”, disse. Diogo de Gregori solicitou ao ministro a possibilidade de ter um representante da Defesa nas reuniões do Polo de Defesa, para discutir os projetos e montar planejamentos conjuntos, e mapear todas as indústrias e empresas de tecnologia. O mapeamento resultaria em relatório mostrando para três Forças (Marinha, Exército e Aeronáutica) possíveis fornecedores de produtos de defesa.

Para o ministro da Defesa o desafio é criar condições estáveis para o Polo e para a permanência do conhecimento de tecnologia no estado. Fizeram parte da comitiva de Santa Maria: o secretário de Segurança Pública do estado, Cezar Augusto Schirmer; o vice-reitor da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Luciano Schuch; o presidente da ADESM (Agência de Desenvolvimento de Santa Maria ), Ademir José da Costa; o superintendente executivo da ADESM e Gestor do APL Polo de Defesa e Segurança, Diogo De Gregori; e o representante da UFSM em Brasília, Edilson de Souza.

Fonte: MD

Newsletter

 

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

 

Leave A Reply