Portugal entrega fuselagem do primeiro KC-390 ao Brasil

Fonte: OGMA e jornal Expresso//

A portuguesa OGMA começou a entrega dos componentes da primeira aeronave KC-390 da Força Aérea Brasileira (FAB). A empresa é parceira da Embraer no projeto da aeronave de transporte multimissão. Ao todo serão incorporadas 28 aeronaves à FAB, com a primeira prevista para o próximo ano. Rodrigo Rosa, CEO e Presidente da OGMA, afirmou que “a entrega dos primeiros componentes da série KC-390 é um marco para a OGMA e, em particular, para a Área de Negócios de Aeroestruturas”.

.: Leia também: Campanha de testes do KC-390 prevê cinco provas para 2017

INDÚSTRIA PORTUGUESA
6-embraer-kc-390Portugal deu um salto de gigante na indústria aeronáutica ao produzir os componentes estruturais do avião militar KC-390. O maior projeto de construção de um avião militar em que Portugal participa — o novo birreator KC-390 — teve o seu primeiro marco histórico ‘real’ no final de 2016. A OGMA é responsável pela construção de vários componentes da aeronave, incluindo a fuselagem central, com 10,5 metros de comprimento. Para o presidente da OGMA, Rodrigo Rosa, é “um momento histórico para a indústria aeronáutica portuguesa”.

A estrutura corresponde ao corpo principal do avião KC-390, mas são igualmente fabricadas em Portugal as carenagens do compartimento do trem de aterragem, que têm 12 metros de dimensão — designadas sponsons —, bem como o leme de profundidade. Rodrigo Rosa recorda que foi criada uma empresa portuguesa para gerir o programa KC em Portugal, que engloba não só a OGMA mas também a parte de engenharia do Centro de Excelência e Inovação para a Indústria Automóvel (CEiiA) e as restantes partes construídas nas fábricas da Embraer em Évora.

.: Leia também: Embraer vai investir cerca de 100 milhões de euros em Portugal

A OGMA espera que o novo avião possa substituir alguns C-130 da Força Aérea Portuguesa. “Esperemos que sim”, refere Rodrigo Rosa, recordando que “no início do projeto o governo português assinou uma carta de intenções para comprar algumas aeronaves”. Na modernização das unidades da OGMA em Alverca foi criado um hangar de pintura, que começa a trabalhar em 2017. A repintura é um serviço complementar à remodelação interior dos aviões aprovada pela Agência Europeia para a Segurança da Aviação (EASA).

Alverca passa a ser um centro de serviços de aeronáutica designado por one stop shop, onde se assegura um serviço de reparação e manutenção completo a um avião. O negócio da repintura “tem um potencial acima dos €3 milhões”, admite Rodrigo Rosa. E já está preparado para o futuro, para receber tecnologias que capacitem uma maior eficiência na pintura, com o nível de robotização disponível no sector, dentro do conceito da indústria 4.0.

.: Leia também: Programa para criação de indústria aeronáutica 4.0 integra 75 empresas

A OGMA
A OGMA (Indústria Aeronáutica de Portugal S.A.) é uma empresa de atividade aeronáutica que opera desde 1918 em Alverca, PT. Como prestador de serviços de Manutenção, Reparação e Revisão Geral (MRO), a OGMA possui vasta experiência na aviação de defesa.

Ogma2-600x210

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

Leave A Reply