PROSUB> Tribunal australiano concede liminar contra publicação de dados do ‘Scorpène’

Fonte: The Times of India//

O Tribunal australiano concedeu liminar contra a publicação de dados sobre o submarino “Scorpène” pelo jornal The Australian. O pedido foi feito pelo estaleiro francês DCNS após documentos do modelo terem sido publicados pelo jornal, que anunciou que divulgaria novos documentos relativos ao sistema de armas do submarino nesta segunda-feira, 29. “A DCNS exigiu que o jornal removesse os documentos publicados no seu site para evitar uma maior divulgação”, disse a empresa em um comunicado.

.: Leia também: PROSUB> Marinha esclarece posição sobre submarino ‘Scorpène’

Os advogados da empresa classificaram o documento como “muito valioso” e disseram que a divulgação das informações confidenciais e restritas causa dano direto à imagem e reputação da DCNS. A DCNS também entrou com uma ação para que o jornal australiano entregue os documentos que estão em sua posse.

Mais de 22 mil páginas sobre o submarino foram vazados. O submarino “Scorpène” é um dos modelos contratados pela Marinha do Brasil no programa PROSUB. O vazamento atinge Índia, Malásia, Austrália e Chile, além do Brasil.

ÍNDIA ESTÁ PREOCUPADA COM VAZAMENTO

O comandante da Marinha da Índia chamou o vazamento de dados do “Scorpène” como “uma questão de grave preocupação”. “Pedimos a DCNS para lançar uma investigação urgente”, disse o Almirante Sunil Lanba nesta segunda-feira.

 

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS SOBRE O VAZAMENTO:

 

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

 

 

 

Leave A Reply