RIO2016> Exército usa robô alemão para desativação de explosivos

Fonte: Exército//

Durante a atuação nos Jogos Olímpicos, o Exército brasileiro vai empregar dois robôs, que possuem tecnologia alemã: o Telemax e o Teodor. O primeiro fará trabalhos que exijam mais agilidade e versatilidade. Já o segundo, tarefas que exijam mais robustez.  Os principais equipamentos dos robôs são raio x, bloqueador de radiofrequência, canhão de disrupção de água, sensores químicos, biólogos, radiológicos e nucleares (QBRN) e arma calibre 12.

.: Leia também: TECNOLOGIA> Exército adota metralhadora remotamente controlada nas viaturas Guarani

article (1)O Destacamento Especial de Engenharia para Desativação de Artefatos Explosivos (Dst Esp E DAE) foi criado para gerenciar estes robôs, que serão utilizados durante os Jogos Rio 2016. Composto por 20 militares, o destacamento possui sete operadores de desativação de artefatos explosivos, seis operadores de robô e sete militares do grupo de apoio. Os militares especialistas receberam treinamento na Espanha e Colômbia.

Segundo o Major Carlos José de Oliveira Silverio, Comandante do grupo, a criação do Destacamento possibilitou a aquisição de equipamentos especializados e de militares altamente capacitados, prontos para atuar na defesa dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. Para ele, esse será mais um legado de pessoal e material que ficará para o Exército Brasileiro.

OPERAÇÃO

No dia 19 de julho, os robôs foram utilizados durante operação na estação de trem de Deodoro, zona oeste do Rio de Janeiro. Uma bolsa foi deixada no local e o destacamento foi acionado. Os robôs identificaram que não passava de uma bolsa feminina, que tinha sido esquecida na Estação.

 

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

 

Leave A Reply