RIO2016> FAB vai usar drones israelenses para monitorar espaço aéreo

Fonte: FAB//

A Força Aérea Brasileira (FAB) vai dispor de drones para monitorar as áreas olímpicas do Rio de Janeiro. Os drones da FAB têm capacidade de voo de até 9 mil metros do solo. De fabricação israelense e uso exclusivamente militar, os sistemas das aeronaves remotamente pilotadas possuem sensores de monitoramento, reconhecimento e vigilância aérea, câmeras diurnas e noturnas (infravermelho), sistemas de comunicações aperfeiçoados e um radar de abertura sintética, que podem registrar imagens do solo voando acima das nuvens em um dia nublado. Dois sistemas da FAB estão escalados para atuar nos Jogos Olímpicos: o Hermes RQ-450 e o Hermes RQ-900 fabricados pela isralense Elbit Systems.

.: Leia também: RIO2016> Veja as 4 aeronaves que vão defender as Olimpíadas

HERMES RQ-450

rq450Integrado à esquadra da FAB desde 2011, o Hermes RQ-450, é equipado com câmera de alta resolução. O vant teve sua primeira missão na Operação Ágata de 2011. Controlada à distância, a aeronave localizou uma pista de pouso clandestina usada por criminosos na Amazônia, próximo à fronteira com a Colômbia, que foi posteriormente bombardeada por caças brasileiros. O Hermes 450 é equipado com sistemas óticos capazes de localizar e acompanhar alvos em tempo real tanto de dia quanto de noite, podendo voar por períodos de até 16 horas. O Vant é todo automático, mas o aviador gerencia todas as etapas da missão, podendo determinar uma rota de voo ou pilotar a aeronave manualmente. Entre os equipamentos está uma câmera colorida com zoom e um sistema que capta imagens por calor, possibilitando a localização de pessoas sob a copa de árvores. Dependendo da distância do alvo, segundo a FAB, é possível até mesmo descobrir se as pessoas estão armadas. O valor total da compra de dois Hermes RQ-450 foi de mais de R$ 48,17 milhões, incluindo, além das aeronaves, uma estação em solo, sensores e apoio logístico.

HERMES RQ-900

Além dos recursos já conhecidos do RQ-450 Hermes, entre as principais vantagens operacionais do Hermes 900 está o SkEye. Trata-se de um conjunto de 10 câmeras de alta resolução que permitem a vigilância de uma região inteira. O software, que processa o conjunto de imagens, permite a visualização de maneira independente, o que permite monitorar dentro uma mesma área diferentes alvos simultaneamente. Cerca de 10 pessoas serão necessárias para operar a nova ferramenta. Este sensor que equipa o Hermes 900 comprado pelo Brasil até 2014 estava disponível apenas para as Forças Armadas de Israel. O VANT classificado como categoria 4, opera com comunicação via satélite. O link vai permitir que o aparelho voe muito além dos 250 km de distância do Hermes 450. Além disso, o VANT opera a 30 mil pés (mais de 9 mil metros de altura) e tem autonomia superior a 30 horas de voo, aproximadamente duas vezes mais que o RQ-450. Nas Américas, o Hermes 900 é operado pelo México, Colômbia e Chile.

hermes 900

 

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

 

Leave A Reply