RIO2016> Sargento da Marinha ganha primeira medalha de ouro do Brasil

Fonte: Ministério da Defesa//

A terceiro sargento da Marinha Rafaela Silva entra para a história do País como a primeira judoca brasileira a se tornar campeã olímpica e mundial. Em 2013, a sargento deixou sua marca, quando conquistou o campeonato mundial, realizado no Rio de Janeiro. Hoje (08), também competindo em casa, a carioca da Cidade de Deus cravou um wazari e subiu ao lugar mais alto do pódio nos Jogos Rio 2016. Emocionada, Rafaela Silva falou que depois de ser críticada em Londres, em 2012, agora pode orgulhar-se de ser campeã olímpica. “Eu treinei muito para estar aqui. Treinei muito para buscar minha medalha, e o resultado, graças a Deus, veio”, disse a medalhista de ouro.

.: Leia também: RIO2016> Veja as modalidades que os 145 militares vão competir nas Olimpíadas

Na Arena Carioca 2, no Parque Olímpico da Barra, a sargento da Marinha derrotou adversárias ao longo desta segunda-feira, impulsionada por um ginásio lotado gritando seu nome. Rafaela estreou com vitória relâmpago por ippon em 46 segundos sobre a alemã Miryam Roper.

Rafaela_Silva_medalha_ouro_08082016-5-850x567No segundo combate, a atleta derrotou a sul-coreana Jandi Kim com um wazari e seguiu para as quartas de final, onde enfrentou Hedvig Karakas, da Hungria, sua algoz de Londres 2012. Com um wazari a um minuto do fim da luta, a brasileira controlou a disputa e se classificou para a semifinal, quando venceu, no golden score, a romena Corina Caprioriu.

Na disputa pelo ouro, Rafaela encontrou a mongol Sumyia Dorjsuren, e finalizou a luta com um wazari, consagrando-se a primeira judoca brasileira campeã olímpica e mundial.

Rafaela_Silva_medalha_ouro_08082016-2-850x567A judoca é uma das 145 atletas militares que integram o Time Brasil. Depois de anunciar que o Ministério da Defesa continuará investindo no Programa de Alto Rendimento ao término dos Jogos Olímpicos, o ministro Raul Jungmann enalteceu a conquista da militar da Marinha. “Foi um excelente resultado. Vibramos com a medalha da Rafaela. Isso prova que o Programa de Alto Rendimento é uma importante ferramenta de apoio na formação dos atletas”, comentou Jungmann.

A medalha de ouro da sargento da Marinha se soma à conquista de prata do sargento do Exército Felipe Wu, na modalidade de tiro esportivo, que, no sábado (06), prestou continência à bandeira Nacional.

DISPUTAS

A participação dos judocas militares brasileiros nos Jogos Rio 2016 segue até o dia 12 de agosto. Ainda faltam competir os atletas do Exército, Rafael Buzacarini, Victor Penalber, Tiago Camilo e Rafael Silva, e as representantes da Marinha do Brasil, Mariana Silva, Maria Portela, Mayra Aguiar e Mª Suelen Altheman.

 VEJA OUTRAS MATÉRIAS SOBRE OS MILITARES NOS JOGOS OLÍMPICOS:

 

 

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

 

 

Leave A Reply