RIO2016> Temer amplia atuação das Forças Armadas no Rio de Janeiro

Fonte: Ministério da Defesa//

O presidente em exercício Michel Temer ampliou a área de atuação das Forças Armadas no Rio de Janeiro durante a realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos. Decreto publicado na Edição Extra do Diário Oficial da União, nesta segunda-feira, 8, determina o emprego das Forças Armadas em Garantia da Lei e da Ordem (GLO) na avenida Atlântica e imediações, no bairro de Copacabana, e no Centro da cidade, incluindo Aeroporto Santos Dumont, Candelária e Aterro do Flamengo.

.: Leia também: RIO2016> Base Aérea de Santa Cruz concentra 12 esquadrões da FAB

O decreto atende ao pedido do governador interino do Rio, Francisco Dorneles, que alegou insuficiência das forças policiais do estado para permitir a segurança nestes dois bairros da capital fluminense. De acordo com o Ministério da Defesa, a ação das tropas militares acontecerá sem aumento do efetivo, atualmente com cerca de 22 mil homens da Marinha, do Exército e da Aeronáutica.

O mesmo decreto expõe a GLO na cidade de Manaus, onde cerca de 600 militares estão atuando na área do Hotel Tropical, local de concentração das delegações do futebol. Os ministros Raul Jungmann (Defesa), Alexandre de Moraes (Justiça e Cidadania) e Sergio Etchegoyen (GSI) assinam o decreto junto com o presidente Temer.

AMPLIAÇÃO

O decreto que amplia a GLO no Rio de Janeiro foi motivo de reunião no Comando Militar do Leste (CML), entre o ministro Jungmann, o chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA), almirante Ademir Sobrinho, o general Fernando Azevedo, que comanda o CGDA, e o general Luiz Felipe Linhares, da Assessoria Especial para Grandes Eventos (AEGE), do Ministério da Defesa.

A GLO que assegurava a atuação dos militares na Zona Sul da cidade, em parte da avenida Brasil, na Linha Amarela, na Linha Olímpica e em estações ferroviárias, permitirá a partir da edição do decreto a ampliação para as ruas dos bairros de Copacabana e Centro.

 

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

 

 

Leave A Reply