RIO2016> Veja as armas usadas no tiro esportivo

Fonte: Indústria de Defesa & Segurança//

A primeira medalha brasileira nas Olimpíadas do Rio de Janeiro foi conquistada pelo Sargento do Exército Felipe Wu, prata no tiro esportivo. Apesar de ser uma modalidade que está nos Jogos desde a primeira edição, o tiro esportivo ainda causa certa curiosidade. Segundo o Exército Brasileiro, é comum a presença de militares nessas competições já que, desde o início da formação, eles praticam o tiro. O militar começa a se destacar nas competições internas das corporações e passa, então, a participar de competições externas. No entanto, a modalidade é também praticada por civis.

.: Leia também: RIO2016> Veja as modalidades que os 145 militares vão competir nas Olimpíadas

Para começar a praticar o tiro esportivo, o atleta precisa estar associado a um clube de tiro. Você pode consultar o clube de tiro do seu estado aqui. É lá que o atleta vai aprender as primeiras lições e se certificar para o uso de armas, que é controlado pelo Exército Brasileiro. Mesmo atletas com menos de 15 anos podem praticar a modalidade. De acordo com a Confederação Brasileira de Tiro, os atletas são divididos por faixa etária:
a. Juvenil e Dama Juvenil – Atletas que estejam com até 15 anos.
b. Júnior e Dama Júnior – Atletas que estejam na faixa de 16 a 20 anos;
c. Sênior e Dama – Atletas que estejam na faixa de 21 a 55 anos;
d. Master – Atletas que estejam na faixa de 56 a 65 anos;
e. Veterano – Atletas que estejam na faixa a partir de 66 anos;

VEJA ABAIXO AS ARMAS USADAS NAS MODALIDADES OLÍMPICAS:

infografico_tiro_esportivo-01_0

 

SERVIÇO:
Clique aqui e acesse a Confederação Brasileira de Tiro Esportivo. 

 

VEJA OUTRAS MATÉRIAS SOBRE OS MILITARES NOS JOGOS OLÍMPICOS:

 

 

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

 

Leave A Reply