SAAB recebe novo pedido de sistema RBS 70 para o Exército Brasileiro

A sueca Saab recebeu uma ordem do Exército Brasileiro (EB) para entrega do sistema RBS 70 (sistema de defesa de curta distância). De acordo com a empresa, as entregas terão lugar em 2018-2019. “O Brasil tem um ambicioso programa para fortalecer sua capacidade de defesa aérea e esta é nossa terceira ordem do cliente nos últimos anos. Estamos orgulhosos de ter sido selecionado como fornecedor nessa transformação, sabendo que nosso sistema desempenha um papel importante na proteção de seu espaço aéreo e na defesa de infraestrutura crítica”, diz Marianna Silva, gerente da Saab Brasil.

.: Leia também: BAE Systems entrega o 250º M113 modernizado para o Exército Brasileiro

De acordo com a empresa, a demanda pelo sistema de míssil tem aumentado nos últimos anos. “O mercado global para sistemas de defesa aérea de curto alcance está crescendo e vemos uma demanda crescente do Brasil e de outros clientes em todo o mundo. Não só para o nosso sistema portátil, mas também para a nossa nova solução Mobile SHORAD que introduzimos na DSEI em Londres este ano , diz Görgen Johansson, vice-presidente sênior e chefe de área de negócios da Dynamics at Saab.

O portfólio Saab de sistemas de mísseis de defesa aérea baseados em solo de curto alcance compreende o RBS 70 eo RBS 70 NG reforçado. O sistema RBS 70 possui um histórico impressionante no mercado. Dezenove países adquiriram mais de 1.600 sistemas RBS 70, incluindo mais de 18.000 mísseis.

rbs-brazil-3

SISTEMA RBS 70
Com eficácia superior a 94%, ou seja, a cada 100 mísseis disparados, mais de 94 alvos são abatidos, o RBS 70 utiliza um facho laser como sistema de direção do míssil, o que o torna imune a interferências, em qualquer ambiente operacional. Portátil, pode ser montado e operado com facilidade por uma guarnição composta por três homens.

Além de postos de tiro, o contrato com o Brasil incluiu simuladores de adestramento, equipamentos de visão noturna e de testes, sobressalentes, cursos de capacitação e mísseis MK2, que têm alcance de 7 quilômetros, teto de emprego de 4.000 metros e velocidade máxima de Mach 2, ou seja, duas vezes a velocidade do som.

Argentina, Austrália, Bahrein, Brasil, Cingapura, Emirados Árabes, Estados Unidos, Finlândia, França, Indonésia, Irlanda, Letônia, Lituânia, Noruega, Paquistão, República Checa, Suécia, Tailândia, Tunísia e Venezuela.

Fonte: Saab

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

 

Leave A Reply