São José dos Campos quer concentrar produção do Gripen

Fonte: O Vale//

A Akaer, empresa do setor tecnológico de São José dos Campos que vai desenvolver peças da fuselagem do caça Gripen NG, fabricado pela sueca Saab, defende que toda a produção do avião da Força Aérea Brasileira seja concentrada na cidade da região. A ideia foi exposta pelo presidente da empresa, Cesar Augusto Andrade e Silva, durante uma palestra ministrada anteontem na sede da regional da Ciesp São José (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo). Atualmente, a empresa sueca prevê a construção de um parque aeronáutico em São Bernardo do Campo, no Grande ABC.

.: Leia também: Saab expande parceria com brasileira Akaer

142149A Saab, inclusive, adquiriu na semana passada mais 10% das ações da Akaer e, agora, totaliza 25% sobre a empresa. A Força Aérea Brasileira comprou 36 caças, no valor de US$ 5,4 bilhões. O acordo prevê ainda transferência de tecnologia com a construção da fábrica de Gripen no ABC paulista. O secretário de Inovação e Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de São José, Alberto Mano Marques, que esteve na palestra, também defende que as peças do caça sejam produzidas na cidade. “A Prefeitura de São José vem acompanhando todo o processo e faz esforços para aquecer o mercado local”, disse ao jornal O VALE.

“A Saab adquiriu mais 10% da Akaer. Ou seja, tem interesse na empresa, que tem toda a estrutura pronta na cidade. Não faz o menor sentido que seja produzido em outro lugar que não seja aqui”, afirmou Mano, que prevê a geração de 200 a 500 empregos na cidade. “São três pontos importantes. Primeiro, que a Saab é parceira da Akaer. Segundo, que a empresa tem a estrutura pronta na cidade. E, terceiro, que toda a cadeia produtiva de aviação está em São José”.

LEIA TAMBÉM OUTRAS NOTÍCIAS SOBRE O GRIPEN

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

Leave A Reply