SEGURANÇA> Mais de 400 PMs fazem treinamento em base da FAB

Fonte: FAB//

A Base Aérea de Florianópolis (BAFL) sediou treinamentos de sobrevivência na selva e operações aquáticas para 434 alunos do Curso de Formação de Soldados (CFSD) da Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC). As atividades foram realizadas no último final de semana e iniciaram com uma marcha de 15 quilômetros do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP) da PMSC até a BAFL.

.: Leia também: TECNOLOGIA> FAB usa impressoras 3D para fabricar componentes de aeronaves

i1611713563555102“Hoje, mais uma vez, provamos que a Base Aérea está cumprindo a sua missão que é a de apoiar as unidades aéreas Operacionais e apoiar todas as ações conjuntas entre unidades operacionais do nosso estado. Durante um exercício como esse, tenham a certeza de que não testamos somente nossos corpos e nossas mentes, nós testamos também o nosso espírito, provamos que os militares são profissionais de valores”, disse o Comandante da Base, Coronel Aviador Antonio Ferreira de Lima Júnior.

O treinamento chamado de Exercício de Adestramento de Policial Militar (EXAPOM) foi coordenado pelos instrutores do Centro de Ensino da PMSC em conjunto com militares da BAFL. Os alunos já haviam passado por disciplinas teóricas e foram colocados em situações práticas para aprender a administrar cansaço, fome e frio, treinando o autodomínio e testando a resistência à fadiga.

Eles permaneceram três dias acampados na Base e tiveram instruções de manuseio de cordas, meios de flutuação, sobrevivência na mata e no mar, rapel e atendimento de emergência médica pré-hospitalar, entre outras.

i16117140402143841“Pela primeira vez na nossa história de 181 anos pudemos realizar esse exercício em conjunto. Essa parceria é muito importante, pois demonstra o apoio da FAB à nossa instituição que busca cada vez mais se aperfeiçoar e melhorar o seu serviço em prol da comunidade catarinense”, ressaltou o Comandante Geral da PMSC, Coronel Paulo Henrique Hemm.

Os alunos também puderam assistir à palestra de Luiz Schirmer que, com 77 anos, é um dos paraquedistas mais antigos da América do Sul ainda em atividade. Alfabetizou-se ao ingressar no Exército Brasileiro, foi paraquedista militar, estudou e se tornou médico pela Escola de Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro. “Não me sinto velho. Eu vivo hoje intensamente e aproveito cada dia, procuro fazer o máximo que eu posso a cada dia. Ninguém deveria deixar o tempo passar. O tempo é precioso”, ensina.

 

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

 

Leave A Reply