Sob liderança de Trump, EUA realizam primeiros ataques com drones

Fonte: Washington Post//

As primeiras ações militares dos Estados Unidos após a posse do presidente Donald Trump começou ainda no dia da cerimônia, 20 de janeiro. De acordo com o Pentágono, a ação foi realizada no Iêmen no final de semana passado. Na sexta-feira, sábado e domingo, aviões armados norte-americanos atacaram a filial da Al-Qaeda no Iêmen em Al Bayda, uma cidade a cerca de 175 milhas a sudoeste de Sanaa, capital do país. O ataque matou cinco combatentes, disse o capitão da Marinha, Jeff Davis, porta-voz do Pentágono. Davis não disse se havia civis mortos nos ataques e, segundo ele, a ação não precisou da aprovação de Trump ou de James Mattis, secretário de Defesa.

.: Leia também: Trump e a reaparição do Império

imrsOs EUA também realizaram missões de bombardeio no Iraque e na Síria nos últimos dias em apoio às forças locais que atacam Mosul. O Comando Central dos EUA divulga regularmente ações no Iêmen em relatórios que cobrem duas ou três semanas. Nove ataques foram realizados no Iêmen desde outubro, de acordo com recentes lançamentos. Um ataque no começo deste mês teria matado Abd al-Ghani al-Rasas, um líder sênior da Al-Qaeda na Península Arábica.

As operações de contraterrorismo dos EUA no Iêmen aumentaram lentamente desde o colapso do governo do país em 2014, quando os rebeldes Houthi obrigaram o então presidente do Iêmen, Abed Rabbo Mansour Hadi, a fugir. Os rebeldes de Houthi lutaram desde então pelo controle do país em uma sangrenta guerra civil que também permitiu que militantes da Al-Qaeda tomassem território no sul do Iêmen.

 

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

 

Leave A Reply