TECNOLOGIA> Drone é capaz detectar e detonar minas terrestres

Fonte: Tech Tudo//

Um drone militar capaz de detonar minas. Essa é a proposta do Mine Kafon Drone (MKD). Criado por Massoud Hassani, sua especificidade é mapear, detectar e detonar minas terrestres, além de ser um drone não tripulado e 20 vezes mais rápido do que tecnologias já existentes. O objetivo é limpar o mundo desses objetos em menos de 10 anos. Apesar de ser uma meta bastante ambiciosa, muitas pessoas acreditam que vale a pena e o projeto já alcançou sua meta de financiamento coletivo do Kickstarter.

.: Leia também: RIO2016> Exército usa drones para monitorar Transolímpica

O MKD oferece uma solução inovadora para a remoção de minas terrestres, fornecendo um sistema de desminagem confiável, feito em três estágios. Há atualizações precisas e informações sobre as operações de limpeza de minas. O dispositivo voa sobre as áreas perigosas autonomamente, equipado com três extensões robóticas separadas, que são intercambiáveis .

 FUNCIONAMENTO

A primeira ação é o mapeamento, quando o drone voa sobre o campo inteiro, com um sistema 3D aéreo, para identificar todas as áreas perigosas. Em seguida, uma segunda parte do dispositivo, equipado com um braço robótico paira a quatro centímetros do chão para detectar as minas terrestres. Cada bomba detectada é marcada no sistema do operador para construir um mapa de locais de minas conhecidas. Para a fase final do processo, um braço articulado posiciona um pequeno detonador em cada mina detectada. Depois disso, o campo minado é detonado de uma distância segura usando um temporizador.

O fato de algumas tecnologias serem antigas e estarem degradas é uma dificuldade em achar essas minas, pois a detecção de metais pelo drone fica prejudicada. Outro problema seria a precisão típica de quatro metros do GPS, que não seria suficiente para o mapeamento exato da mina terrestre e que poderia colocar a vida das pessoas em risco. Mas a fabricante afirma ter resolvido o problema, utilizando também o GPS triangulado e antenas externas no campo. Além disso, as imagens de vídeo e foto precisam ter coordenadas específicas para o localizador, o que requer um software complexo que exige uma extensa programação.

Atualmente, especialistas acreditam que ainda existem cerca de 100 milhões de minas terrestres no mundo, muitas das quais são sobras de conflitos que já acabaram há muito tempo. O drone, criado por uma impressora 3D, custa cerca de 75 euros (cerca de R$ 274 em conversão direta, sem impostos). A entrega para o Brasil vai acontecer a partir de setembro.

mine-kafon-drone-2-credito-divulgacao-massoud-hassani

 

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

 

Leave A Reply