ZELOTES> MPF investiga compra dos Gripen da FAB

Fonte: ID&S com inf. Veja e G1//

O Ministério Público Federal denunciou o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva e o filho dele Luiz Cláudio Lula da Silva pelos crimes de tráfico de influência, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Na denúncia, apresentada no âmbito da Operação Zelotes, o MPF aponta irregularidades que levaram à compra dos 36 novos caças da Força Aérea Brasileira (FAB), o Gripen NG. Segundo os dados apresentados, as investigações apontam indícios de envolvimento de Lula e de seu filho, além do lobista Mauro Marcondes e de sua mulher Cristina Mautoni – que também foram denunciados – em negociações apontadas pelos investigadores como irregulares para a compra das aeronaves.

.: Leia também: INTERNACIONAL> Saab negocia abertura de linha de produção do Gripen na Índia

De acordo com o MPF, os crimes foram praticados entre 2013 e 2015, quando Lula já era ex-presidente. Ele atuava para garantir benefícios para empresas clientes de Marcondes – entre elas a fabricante do Gripen, Saab – junto ao governo federal.

A nossa reportagem tentou entrar em contato com a Saab e o Ministério da Defesa, mas não recebeu nenhuma resposta. A FAB disse que só vai se pronunciar depois de notificada formalmente. Ao site G1, o advogado de Mauro Marcondes e Cristina Mautoni, Roberto Podval, afirmou que a denúncia tem motivação política, visando atingir o ex-presidente Lula. “Não vi absolutamente nada que levasse a qualquer irregularidade na compra dos caças. [...] Isso é factoide, criado por quem tem interesse em processar o ex-presidente Lula. Para chegar nele, tem que passar pelos Marcondes. Lamento que as acusações, denúncias, feita sem seriedade. Qualquer um chega à conclusão que não há elemento”, disse.

O advogado, no entanto, confirma que a companhia sueca Saab, que vendeu os caças ao governo brasileiro, contratou o escritório do casal, mas somente para representa-la no Brasil, sem qualquer crime.

 

VEJA TAMBÉM EM

53245_6

 

Leave A Reply